TENDÊNCIA

E-commerce deve crescer 17% ao ano no Brasil

16/12/2019 10:01

Projeção até 2021 faz parte de estudo da DHL sobre o setor.

O crescimento na América Latina deve ser de 22% no mesmo período. Foto: divulgação.

Tamanho da fonte: -A+A

O setor de e-commerce deve crescer 17% ao ano no brasil até 2021, de acordo com pesquisa realizada pela DHL, grupo multinacional de transporte expresso e logística.

Segundo o estudo, que mapeia o comportamento deste modelo de negócio em toda América Latina, o crescimento na região deve ser de 22% no mesmo período.

O Brasil é o segundo país com maior expectativa de crescimento na AL, ficando atrás apenas do México, que deve crescer 25%.

A pesquisa divide a região em três segmentos: mercados maiores, como Brasil e México, que são a porta de entrada para muitos players de e-commerce; os de médio porte, como Colômbia, Argentina, Chile e Peru; e os menores, localizados na América Central e no Caribe. 

Segundo a DHL, os segmentos de médio e pequeno porte oferecem um potencial significativo para o crescimento do comércio eletrônico cross-border, com capacidade para estocar produtos e atender a diversas localidades de forma rápida e com baixo custo.

"O setor continua relativamente em desenvolvimento na região, por isso ainda há espaços para os varejistas estabelecerem uma base e para os operadores de logística os apoiarem, construindo cadeias de suprimentos para um e-commerce eficiente", afirma Matthias Heutger, chefe global de Inovação e desenvolvimento comercial da DHL.

O estudo aponta que as empresas que se conectam emocionalmente ao consumidor final têm o poder de sucesso em suas vendas on-line. 

Outras tendências ressaltadas são que os grandes players costumam abrir caminho, facilitando a transação on-line para consumidores e vendedores, enquanto as mídias sociais se tornam cada vez mais importantes para influenciar as decisões de compra.

A logística, entretanto, ainda aparece como um dos principais desafios para um crescimento mais dinâmico na América Latina.

De acordo com a pesquisa, os principais problemas são: os entraves e a lentidão do desembaraço aduaneiro, congestionamentos e infraestrutura abaixo do ideal para entrega no last mile, além da complexidade dos processos de logística reversa para devoluções.

No caso das devoluções, os índices de trocas são altos e, quando isso acontece, existe a falta de lucro e rentabilidade.

Nos Estados Unidos, algumas categorias possuem índices de devolução que chegam a 50% nas lojas on-line, enquanto as unidades físicas têm 9%. Já no Brasil, as devoluções respondem por 25% das compras totais, sendo o volume mais alto da região.

Para contornar estes problemas, a pesquisa aposta em cinco elementos-chave para a eficácia da distribuição regional.

A primeira é a zona de livre comércio, seguida pela infraestrutura eficiente de portos e aeroportos e pela regulamentação comercial e aduaneira favorável aos negócios (como os retornos cross-border).

O conhecimento específico de logística de e-commerce também está na lista, assim como a cooperação entre indústrias - com comerciantes, fornecedores de tecnologia e logística trabalhando em sincronia.

Para a DHL, o e-commerce é uma das quatro principais tendências globais e por isso faz parte da estratégia corporativa até 2025.

O Grupo Deutsche Post DHL afirma ser a empresa líder mundial de logística. A companhia emprega aproximadamente 550 mil pessoas em mais de 220 países e territórios no mundo. Em 2018, gerou receitas de mais de € 61 bilhões.

Veja também

E-COMMERCE
5àsec aposta em aplicativo para atrair jovens

As 448 unidades físicas da rede no Brasil já estão integradas com a plataforma. 

E-COMMERCE
B2W leva omnichannel para marketplace com Linx

Os usuários do Linx OMNI OMS que vendem nos sites da B2W poderão oferecer a retirada do produto em loja.

VENDAS
Citroën lança e-commerce com SAP

A Loja Online Citroën foi criada na plataforma SAP C/4 HANA Commerce Cloud.

LIDERANÇA
Grupo Máxima tem novo CEO

Rafael Martins era CEO da LifeApps, uma das empresas da holding.

E-COMMERCE
ViajaNet contrata Acesso Digital para autenticação biométrica

A ferramenta aponta a probabilidade do comprador ser realmente o titular do CPF.

VAREJO
Carmen Steffens envia mensagens com Infobip

Grife brasileira dispara SMS, e-mail e push via Oracle Responsys.

CROWDFUNDING
Startup de vestidos de noiva capta R$ 650 mil

O Amor É Simples participou da rodada de investimentos da CapTable.

E-COMMERCE
Magazine Luiza quer marketplace omnichannel com Linx

Vendedores que são usuários do mesmo sistema Linx poderão utilizar seus pontos físicos como opção de entrega.

LIDERANÇA
All iN contrata gerente comercial

Viviane Selouan estava na Rakuten desde 2014. 

CLOUD
Nem tanto ao céu, nem tanto à terra

Não é uma questão de achar que uma arquitetura é melhor que a outra.