FORÇAS

Itaú, Natura e Nestlé se unem para pesquisa digital

16/12/2020 17:01

As três gigantes estão utilizando a plataforma Lab, criada pelo banco, para conhecer melhor os clientes.

Foto: Pexels.

Tamanho da fonte: -A+A

O Itaú Unibanco, a Natura e a Nestlé começaram a trabalhar em conjunto para conhecer o comportamento dos clientes através de pesquisas, utilizando a Lab, plataforma virtual criada em 2016 pelo banco. 

Até então, a Nestlé já havia utilizado a ferramenta para realizar alguns estudos e, recentemente, a Natura se juntou às duas empresas.

A primeira pesquisa realizada pelas três foi feita nos dias 15 e 16 de outubro. No estudo, elas mapearam o comportamento da população digital brasileira em relação à retomada das atividades durante a pandemia e as expectativas com as festas de final de ano.

Foram 300 entrevistados, entre homens e mulheres, de todas as regiões do país com idade entre 18 e 65 anos. Através deles, as companhias descobriram, por exemplo, que 22% não pretendem comprar presentes de Natal neste ano e 34% pretendem gastar menos do que no ano passado.

Segundo as empresas, o uso do sistema reduz em 50% o tempo médio para chegar à conclusão de um estudo, além de diminuir o custo em mais de 80%.

“A tecnologia é uma aliada fundamental para o marketing de hoje e o Lab surge como uma ferramenta inédita no segmento de customer insights porque cria um ambiente colaborativo entre marcas e potencializa ainda mais os resultados", destaca Livia Sarmento Campos, superintendente de planejamento e consumer market insights do Itaú Unibanco.

 Apenas em 2019, foram realizadas mais de mil análises por meio da plataforma para auxiliar no lançamento, em mudanças de produtos e serviços e nas comunicações com os clientes. Atualmente, o Lab conta com mais de 4 mil clientes cadastrados.

"Essa parceria com Itaú e Nestlé nos dá amplo e rápido acesso a diferentes públicos e perfis atitudinais, trocando aprendizados sobre temas comuns entre as empresas. Além disso, a versatilidade da tecnologia nos permite manter uma forma fluida e interativa de relacionamento com os consumidores e fãs da Natura", afirma Larissa Berbare, head global de consumer insights da Natura.

Segundo as empresas, o desenvolvimento dessa plataforma não tem como objetivo concorrer com os grandes institutos de pesquisa. 

As pesquisas feitas de forma online e off-line são para atender demandas que necessitem de percepções e validações, como o entendimento sobre hábitos e comportamentos. 

Em casos de maior complexidade, como compreender a proposta de valor de um produto, elas afirma que será necessário recorrer a outras metodologias do universo de pesquisa. 

O Itaú tem cerca de 70% da base de clientes presente em seus canais digitais, o que significa cerca de 13 milhões de pessoas físicas e, se somadas pessoas jurídicas, o número chega a 14,5 milhões.

Fundada em 1969, a Natura é subsidiária da Natura &Co, grupo global de cosméticos que também inclui as marcas Avon, The Body Shop e Aesop. Juntas, as empresas registraram receita líquida de R$ 14,4 bilhões em 2019.

Já a suíça Nestlé instalou a primeira fábrica no Brasil em 1921 e, segundo pesquisa realizada pela Kantar Worldpanel, hoje seus produtos estão presentes em 99% dos lares brasileiros.

Veja também

SALTO
Itaú vai para a nuvem da AWS

Contrato é uma grande mudança de rumos para um dos maiores bancos do país.

MOBILIDADE
Itaú lança serviço de compartilhamento de carros elétricos

Projeto piloto deve entrar em operação na cidade de São Paulo em fevereiro de 2021.

MAIS UMA
Sinqia compra Tree Solution

Empresa é especializada no nicho de câmbio. É a 16ª aquisição desde 2005.

CELULAR
Itaú tem leasing de iPhone

Cliente paga um valor mensal por 21 meses, depois pode comprar o resto, trocar ou devolver.

CONTRATAÇÃO
Ex-ScanSource é novo diretor da Aplex

Com 38 anos de experiência, João Carlos Alonso terá foco na expansão de mercado da distribuidora.

DISPUTA
Rede prepara oferta pela Linx

Proposta vai ser acima de R$ 7 bilhões, afirma o site Neofeed. Em nota, a Rede nega negociação.

FINANCEIRO
Sinqia compra empresa do Itaú

ISP oferecia BPO e software para empresas de previdência. Foi vendida por R$ 82 milhões, a maior compra da Sinquia.

DESENVOLVIMENTO
Itaú oferece 200 vagas para curso de Full Stack

Esta é a segunda edição do programa de capacitação gratuita em TI junto com a ONG Recode.

PAGAMENTOS
Porque Itaú, Bradesco e Santander não estão no WhatsApp Pay

De acordo com o Neofeed, os grandes bancos não quiseram dar corda para concorrente.

CASE
Itaú BBA terá live com CEO da Zoom

Eric Yuan fala sobre o crescimento da empresa, que teve um salto de 169% no primeiro trimestre.