Ambiente do Crestron Experience Center. Foto: divulgação.

A Crestron, empresa norte-americana especializada em soluções de automação predial para residências e empresas, anunciou a abertura de uma operação no Brasil, onde antes só atuava por meio de representações.

Com uma market share de cerca de 70% no mercado mundial (segundo dados da própria companhia) e clientes como NASA, Casa Branca, Microsoft e Boeing, a empresa quer aumentar sua presença no mercado latino-americano, iniciando a investida pelo Brasil.

O escritório brasileiro será coordenado por Carlos Dalmarco, executivo que já atua na empresa desde 2012, ano em que a companhia ensaiou uma expansão no território brasileiro. Entretanto, este plano só deslanchou a partir de 2015.

Fundada em Nova Jersey e com 45 anos de mercado, a empresa tem presença em países como Canadá, Europa, Ásia, Oriente Médio, América Latina, Austrália e Israel. São 90 escritórios ao redor do mundo e 3,5 mil funcionários.

O lançamento da operação brasileira chega em paralelo com a abertura do Crestron Experience Center, espaço de demonstração similar a unidades abertas na Bélgica, China, Londres e EUA, cada um com investimento superior a US$ 1 milhão.

Segundo dados divulgados em 2011 pela Crestron, a expectativa para o mercado latino-americano é que ele represente uma fatia de 20% do faturamento da companhia, que passa dos US$ 500 milhões anuais.

A multinacional possui mais de 2,5 mil clientes entre as principais marcas mundiais da indústria,  aeronáutica, mercado financeiro, varejo, hotelaria, educação, redes de TV etc.