ERP

Ipemed adota B1 com Gennera

17/07/2018 12:52

Fabiano Almeida.

Tamanho da fonte: -A+A

A Faculdade Ipemed de Ciências Médicas, especializada na oferta de pós-graduação na área de medicina, adotou o sistema de gestão Academic One, um produto baseado no ERP para pequenas e médias Business One da SAP focado na área de ensino criado pela Gennera.

O software criado pela companhia catarinense será usado para fazer a gestão acadêmica e administrativa de suas cinco unidades no Brasil, localizadas no Rio de Janeiro, São Paulo, Belo Horizonte, Salvador e Brasília e a sediada em Miami, nos Estados Unidos.

“Nosso negócio contém inúmeras especificidades que necessitavam de uma solução completa e abrangente e que fizesse a correta integração entre o acadêmico e o back office”, explica o diretor Administrativo e Financeiro da Ipemed, Fabiano Almeida. 

A Ipemed tem 111 professores e já formou 8 mil médicos pós-graduados.

A Gennera tem 25 anos de atuação no mercado educacional. Em 2014, fechou um acordo com SAP para oferecer um pacote incluindo o seu software para gestão de matrículas, notas, frequência e outros aspectos acadêmicos da administração de um estabelecimento de ensino, somado ao produto SAP para folha, contas a pagar, RH e outras funcionalidades.

Na época, a empresa atendia  650 instituições de ensino com um total de 203 mil alunos matriculados. 

O software roda desde em escolas com 50 alunos até os 38 mil alunos da rede salesiana no país. A base é dividida entre 70% de ensino básico e 30% de superior.

Veja também

EDUCAÇÃO
Kanttum recebe aporte de R$ 1,6 milhão

A empresa é criadora de um sistema para monitorar a performance e gerenciar o treinamento de professores.

CONVÊNIO
Renner: inovação no Tecnopuc

A parceria é focada no intercâmbio tecnológico e científico e o desenvolvimento de recursos humanos.

UNIVERSIDADE
MEC autoriza Feevale em Campo Bom

Foi publicado no Diário Oficial da União um parecer favorável à nova sede da Universidade.

SÃO PAULO
Qualcomm leva robótica para escolas

O RoboLab apresentará a linguagem de máquina para alunos de escolas públicas de SP.

JOINVILLE
Udesc e Prefeitura se unem por mobilidade

O Centro de Ciências Tecnológicas da Universidade utilizará o Smart Mobility para pesquisas.

PESQUISA
FGV é parceira da Ripple em blockchain

O projeto apoia pesquisas acadêmicas nas áreas de blockchain, criptomoedas e pagamentos digitais.

ENGENHARIA
Mauá terá certificações Dassault

A instituição oferecerá exames de validação dos produtos da Dassault, começando pelo Catia.

ENSINO
Strogulski, da UCS, assume ForTI

O Fórum de Tecnologia da Informação das Instituições de Ensino Superior Comunitárias do RS é um grupo que reúne os gestores e técnicos de TI.