Décio Krakauer, presidente da Ramo Sistemas. Foto: Divulgação.

A Ramo, maior parceira no Brasil da SAP para a linha Business One, software de gestão para pequenas e médias empresas, acompanha a estratégia da multinacional alemã de abordar a experiência do cliente com a criação de uma solução para análise do sentimento do consumidor integrada ao B1.

O portfólio da SAP passou a atender a chamada "economia da experiência" com a integração da Qualtrics, empresa adquirida por € 8 bilhões no final do ano passado. No SAP NOW, realizado na última semana em São Paulo, a oferta for apresentada oficialmente no Brasil.

A SAP já apresentou dez ofertas integradas com Qualtrics. Dessas, quatro tem foco na experiência do cliente (CX); três na experiência interna dos funcionários e três em pesquisa de mercado. 

“Por enquanto, ainda não estamos trabalhando com Qualtrics no Business One, mas desenvolvemos um recurso de análise de sentimento que pode trabalhar campanhas em redes sociais e entender a recepção do público. No B1, há integração com a criação de um dashboard para análise desse comportamento”, relata Décio Krakauer, presidente da Ramo Sistemas.

Mesmo assim, o desafio da Ramo é fechar a adoção do Qualtrics em pelo menos um cliente de B1 até o final de 2019.

“As empresa precisam pensar além das questões operacionais e gerenciais, chegando a análises que vão além dos números de dentro do próprio negócio, levando em conta a opinião dos clientes. Quem deixar de observar essas tendências deixa o caminho livre para que outra empresa assuma essa oportunidade”, detalha Krakauer.

Com mais de 600 clientes SAP Business One em todo o Brasil, a Ramo acabou um estruturando um ecossistema próprio de vendas para o sistema, atuando na prática como um distribuidor do software no país. 

Hoje, a companhia tem 170 revendas. 

A Ramo fechou o ano passado com um faturamento de R$ 42 milhões, um crescimento de 17% em relação a 2017.

*Júlia Merker cobriu o SAP NOW, em São Paulo, a convite da SAP.