Itaú fará melhor gestão do ciclo de vida das suas aplicações. Foto: flickr.com/photos/pisado

Tamanho da fonte: -A+A

O Itaú BBA, banco de investimento, atacado e tesouraria institucional do grupo Itaú Unibanco, implantou a solução de gestão de ciclo de vida de aplicações (ALM, na sigla em inglês) da IBM.

Foram instalados os softwares IBM Rational Team Concert e IBM Rational Quality Manager com o objetivo de reduzir o tempo de extração de métricas sobre os processos da instituição.

Com o projeto, foi possível ao banco monitorar com facilidade o progresso de projetos, tendo reduzido em 75% o tempo gasto com acompanhamento.

O Itaú conseguiu realizar trabalhos paralelos, reduzindo em 50% o tempo dedicado para reescrever documentações e em 27% o período para criar e atualizar o fluxo de trabalho.

“Um dos maiores benefícios que identificamos na solução da IBM foi permitir que nossos desenvolvedores se concentrem em tarefas relacionadas com a produção de código, sem dispersar a sua atenção com a burocracia desnecessária”, afirma Gabriel Lima, gerente de metodologia do Itaú BBA.

A escolha do projeto levou em consideração a capacidade das soluções se integrarem com o software já existente no banco, o Rational Build Ford, além de também operarem na plataforma Jazz IBM, do Itaú.

O Rational Team Concert oferece uma plataforma de software colaborativo de gerenciamento, permitindo que o banco automatize os processos de trabalho, construções e planejamento. Já o Rational Quality Manager apoia os planos de qualidade, scripts, processos e recursos de teste.