Companhia registrou aumento de 6% nos lucros. Foto: flickr.com/photos/26023255@N03.

A IBM anunciou uma queda de US$ 1 bilhão no terceiro trimestre fiscal de 2013, encerrado em 30 de setembro. Porém, mesmo impactada pela queda nas vendas de hardware, a companhia apresentou um crescimento de 6% nos lucros, chegando a US$ 4 bilhões.

Nesse período, o faturamento foi de US$ 23,7 bilhões, ante US$ 24,7 bilhões registrados no ano passado, de acordo com matéria do Computer World.

"Continuamos a expandir as margens operacionais no período e aumentar os ganhos por ação, mas escorregamos na receita", disse Ginni Rometty, chairman, presidente e CEO da IBM em declaração oficial.

A receita de cloud computing da IBM aumentou 70% comparada com o mesmo período de 2012 e, segundo a empresa, é a primeira vez que esse valor é superior a US$ 1 bilhão. 

Porém, a área de Systems and Technology registrou uma queda de 17%, com US$3,2 bilhões. Da mesma forma, a receita dos equipamentos System x também caiu 18% e a receita dos Power Systems teve redução ainda maior, de 38%, enquanto a área de storage viu a receita encolher 11%, o que a companhia relacionou ao recuo nas vendas na China.

Lá os negócios da organização caíram 22%, enquanto a venda de hardware ficou 44% menor, devido à nova política econômica preparada pelo governo do país. Por isso, a IBM considera que a receita deve ser retomada no início do próximo ano. 

A receita das Américas totalizou US$ 10,3 bilhões, uma queda de 1% sobre o trimestre de 2012. Receitas da Europa, Oriente Médio e África cresceram 1%, correspondendo a US$ 7,3 bilhões, enquanto que as vendas da região Ásia Pacífico caíram 15% no período, atingindo US$ 5,5 bilhões.