A Algar Tech oferece soluções em TIC e BPO. Foto: Divulgação.

A Algar Tech, empresa do grupo Algar que oferece soluções em TIC e BPO, gerou redução de tempo na operação de manutenção de aeronaves da Embraer. Por meio do uso de técnicas de aprendizado de máquina foi possível automatizar a classificação dos eventos ocorridos na frota e registrados por pilotos e times de manutenção na forma de textos livres. 

O desafio proposto foi de classificar os eventos de forma automática, a partir de um volume de dados analisados. 

Sem o uso de técnicas de aprendizado de máquina, essa classificação era feita por engenheiros altamente especializados, que liam todos os registros para associá-los a um dos possíveis códigos de falha. 

“Com o uso dessa técnica de inteligência artificial em parceria com a Algar Tech houve ganhos de tempo para análise técnica e a redução de trabalho manual, otimizando o processo de manutenção", afirma Gustavo Tavares Marçon, engenheiro de suporte ao cliente na Embraer. 

Os resultados alcançados pela equipe foram possíveis pela combinação do uso de plataforma analítica (RapidMiner) com o tratamento e análise de dados e aplicação de milhares de modelos de forma automática por meio de técnicas de otimização e aprendizado de máquina. 

"Os modelos alcançaram assertividade na previsão da falha de quase 80%. Para um contexto com mais de 700 classes a serem preditas, é um resultado brilhante", destaca Eder Balbino, executivo de big data na Algar Tech. 

O Grupo Algar tem negócios diversificados, desde a produção de soja até um parque aquático, passando por venda de produtos de consumo no Nordeste, mas tecnologia vem ganhando importância no mix.

Em 2013, a empresa faturou R$ 3,7 bilhões, valor no qual TIC respondeu por 40%. No Ebitda de  R$ 581,3 milhões, a área respondeu por 60%. Nos próximos cinco anos, os planos de investimento são de R$ 2 bilhões, boa parte deles para tecnologia.