Beto Vieira, CEO da G2.

Tamanho da fonte: -A+A

A G2, uma das maiores parceiras da SAP para a linha Business One no Brasil, está abrindo uma filial em Recife, a sua primeira operação fora de São Paulo.

Para liderar a unidade pernambucana, a G2 apostou num mome experiente: Roberto Aleixo, um executivo com mais de 30 anos de carreira em TI, boa parte deles na Rapidão Cometa.

A Rapidão Cometa era uma das maiores empresas de transporte e logística do Brasil, com faturamento na casa do R$ 1 bilhão, e foi adquirida pela gigante americana Fedex em 2012.

Aleixo fez carreira na Rapidão, onde chegou a liderar um time de TI com mais de 100 pessoas, e depois da aquisição liderou a área de sistemas dentro da Fedex, onde ficou até 2018.

O executivo tem experiência com ERP, tendo sido o responsável pela implementação do EBS da Oracle na Rapidão.

A filial Recife da G2 ficará dentro do Porto Digital, parque tecnológico localizado no centro antigo de Recife, com 350 empresas em vários segmentos e um faturamento da casa dos R$ 3 bilhões por ano.

“Temos soluções de nível internacional, um time altamente qualificado e um mercado pujante, com grandes oportunidades. Não haveria local e momento mais adequado para fazer essa expansão do que agora”, afirma Aleixo.

Aleixo não está começando uma operação do zero. O Nordeste já representa 18,5% do faturamento da G2 e a intenção é que esse número chegue a 25% já em 2022. A empresa já tem um time local, com oito colaboradores. 

“Somos uma das maiores parceiras da SAP para a linha Business One no Brasil. Estar em Recife é um marco fundamental para mantermos nossa estratégia de crescimento no Nordeste, estando cada vez mais próximos dos potenciais clientes e falando a língua deles, de maneira próxima e empática”, afirma Beto Vieira, CEO da G2.

A G2 é uma das maiores parcerias da SAP para a linha B1 no Brasil, atendendo 102 grupos econômicos, com presença em nove países. A empresa tem 70 colaboradores e está presente em 25 cidades em seis estados.