Bancos investindo pesado em TI. Foto: divulgação.

Números divulgados pela Federação Brasileira de Bancos (Febraban) mostram que os bancos brasileiros estão entre os que mais investem em TI no país. Em 2012, o segmento gastou cerca de R$ 20,1 bilhões em soluções de tecnologia, um aumento de 9,5% ante os R$ 18,3 bilhões investidos em 2011.

Segundo a Febraban, boa parte dos valores investidos foram destinados a modernizações do parque tecnológico das instituições e manutenção da infraestrutura instalada.

Conforme reporta a Computerworld, o levantamento indica que os bancos constituem atualmente 15% dos gastos com TI no Brasil.

Dos R$ 20,1 bilhões aplicados em 2012, a área de hardware teve a maior fatia, abocanhando 40% do montante total aplicado pelo setor, ante 41% em 2011.

Em seguida estão os investimentos em software, com 37% do montante total aplicado pelo setor. Em relação a 2011, o avanço deste segmento foi o mais significativo, com um saltoo de quatro pontos percentuais.

Segundo Luis Antonio Rodrigues, diretor setorial de Tecnologia e Automação Bancária da Febraban, os bancos estão focando mais no software para atender às demandas de negócios de suas operações.

Para completar, os gastos com telecom ocupam o restante do bolo, com uma queda de 23% para 21%.

Outro apontamento interessante da pesquisa é de que os bancos estão investindo menos do desenvolvimento interno de suas soluções. Os investimentos em soluções de terceiros aumentam 18% ao ano.

A disponibilização de informações bancárias na nuvem é um dos desafios para o futuro. Segundo a federação, atualmente as instituições estão operando com cloud privada, mas olham com cautela os ambientes compartilhados do mercado.

Para 2013, a estimativa do segmento é de investimentos da ordem de R$ 22 bilhões, com aumento entre 10% e 11%, segundo estima a Febraban.