Odebrecht quer bombar social com SharePoint. Foto: Agência Brasil.

Tamanho da fonte: -A+A

A brasileira Odebrecht implantou o Microsoft SharePoint 2013 para implantar funcionalidades sociais na rede da empresa, com a finalidade de aprimorar a interação entre seus colaboradores e fomentar a troca de experiências e conteúdos.

Com a aplicação, funcionários poderão acessar dados da rede mundial da empresa indicando especialistas em determinados assuntos.  Além disso, é possível seguir pessoas e assuntos, visualizar documentos e rastrear suas atualizações na rede.

A compra, de valores não revelados, foi realizada no modelo de adoção antecipada, o que possibilitou a implantação da plataforma na na multinacional antes do seu lançamento mundial.

O processo de implantação do sistema de colaboração ficou por conta da Brasoftware, que trabalhou em parceria com a a área de tecnologia da informação da Odebrecht.

A Odebrecht já utilizava soluções Microsoft, como o pacote de produtividade, Office, a ferramenta de comunicação unificada, Lync e a versão 2010 do SharePoint.

Ao optar pela atualização deste último, a companhia conseguiu otimizar o tempo para a migração de seu legado, que durou cerca de uma semana. Atualmente, aproximadamente 300 pessoas, entre integrantes e parceiros, já utilizam a rede social corporativa.

Segundo Rodrigo de Moraes, responsável por Projetos de Colaboração de TI da Odebrecht, o projeto da rede social ainda está em fase piloto, mas os resultados animam.

“Por termos em nossa cultura um conceito forte de descentralização, precisávamos ainda mais de uma ferramenta capaz de fomentar a disseminação do conhecimento, que muitas vezes ficava restrito a cada obra ou escritório, de cada negócio", explica.

Atualmente, a Odebrecht atua em 18 países, com 15 divisões de negócios que vão da construção civil aos transportes, passando pela produção de açúcar e álcool, seguros, defesa e saúde, setor em que o conglomerado entrou recentemente.