João Vassalo, gerente de produtos da Siemens PLM Software. Foto: Divulgação.

A Siemens PLM Software vem ajudando seus clientes a reduzirem o “Custo Brasil”, termo usado para descrever o conjunto de dificuldades estruturais, burocráticas e econômicas que encarecem o investimento no país, com a consolidação local da ferramenta Teamcenter Product Cost Management.

O sistema de gerenciamento da rentabilidade e dos custos, ainda sem concorrência efetiva no Brasil, agrega precisão, velocidade e transparência necessárias para as melhores decisões e para o acompanhamento dos negócios.

Segundo João Vassalo, gerente de produtos da Siemens PLM Software, no mínimo 80% do tempo dos analistas é dedicado buscando informações dentro das empresas e montando cálculos de custos. 

Dessa forma, resta menos de 20% desse tempo para ser aplicado no que é realmente uma prioridade para o setor corporativo: a análise de cenários para a melhor tomada de decisão.

“A Siemens chega no mercado com a proposta de inverter esses números: o funcionário passa a concentrar a maior parte do seu tempo simulando potenciais oportunidades de negócios e dedicando menos tempo com processos de baixa complexidade, como é o caso da estruturação de informações de custos e de rentabilidade”, explica.

No gerenciamento atual, informações de engenharia, como organização de estrutura de produtos, fluxo de aprovação, especificações técnicas e desenhos, são gerenciadas por soluções PLM e por sistemas gestão ERP. Entretanto, a gestão de custos e de rentabilidade ainda é feita em planilhas e em sistemas desconectados, indo na contramão do avanço tecnológico.

"A empresa perde muita eficiência e muito dinheiro”, esclarece. “O Teamcenter Product Cost Management é uma solução de PCN (Plano de Continuidade de Negócios) que fornece poderosos alicerces para ambientes que já possuem gerenciamento de informação de engenharia, como o PLM e o ERP”, esclarece Vassalo.

A tecnologia PCN da Siemens permite medir todos os custos e a produtividade financeira de uma empresa quando ela pretende produzir algum novo produto, exceto variáveis de mercado. Antes de um novo produto ser lançado, a ferramenta de simulação consegue prever qual será o custo final da nova linha de produção de forma consolidada e simplificada. 

“Podemos melhorar pontos na complexidade tributária brasileira que estão em nosso controle, como tornar um gerenciamento de custo e de rentabilidade mais eficiente”, aponta o executivo.