Entrada do Tecnosinos. Foto: http://sceno.com.br/

O Tecnosinos, parque tecnológico da Unisinos, localizado em São Leopoldo, na região metropolitana de Porto Alegre, fechou um acordo com o Senac para oferecer 60 vagas em cursos técnicos de tecnologia na cidade.

O custo totaliza 1 mil horas, incluindo suporte a computadores, redes e programação. Serão 40 vagas gratuitas, através do Sisutec e outras 20 pagas, a um custo de  R$ 2152,80.

Lançado em agosto de 2013, pelo Ministério da Educação o Sistema de Seleção Unificada da Educação Profissional e Tecnológica (Sisutec), funciona nos moldes do Sistema de Seleção Unificada (SiSU), só que para os cursos técnicos gratuitos.

“A expectativa para o curso de TI é grande, pois irá gerar mão de obra para as empresas”, disse a diretora do Tecnosinos, Susana Kakuta. Somente no parque tecnológico, a expectativa é de contratar entre 600 e 700 novos profissionais.

Tradicionalmente ligado às áreas de manufatura, a área do Vale dos Sinos, onde fica São Leopoldo, tem se movido para incluir ofertas de formação técnica em TI para atender à demanda de parques como o Tecnosinos e o Valetec, comandando pela Feevale na vizinha Novo Hamburgo.

Ainda no final de 2011, a Fundação Liberato, tradicional escola técnica com sede em Novo Hamburgo, incluiu o primeiro curso de TI na sua oferta de formações.

O curso foca desenvolvimento web, terá 32 vagas e incluirá 360 horas distribuídas ao longo de quatro semestres. Algumas das disciplinas incluídas são Java, .Net, banco de dados e redes.