O GPTW divulgou as 135 melhores empresas para trabalhar no Brasil em 2015. Foto: Viorel Sima/Shutterstock.

O instituto Great Place To Work (GPTW) divulgou as 135 melhores empresas para trabalhar no Brasil em 2015. Nos três rankings - divididos em multinacionais, grandes e médias empresas - há 22 representantes do setor de TI, além de quatro do segmento de telecom.

A categoria das grandes reúne empresas que têm mil funcionários ou mais. As empresas médias são as possuem entre 100 e 999 empregados. Além disso, há o ranking das médias multinacionais, também com número de funcionários entre 100 e 999.

Entre as grandes empresas, a Dell é a única de TI a aparecer no top 20, ficando na 7ª colocação. As outras empresas do segmento aparecem em uma parte da lista que não divulga posições, apenas cita as companhias em ordem alfabética.

A lista conta com a presença de Algar Telecom, Atento, CI&T, GVT, Oracle e SAP Brasil.

A liderança da categoria ficou com a Elektro, do segmento de energia; Catepillar, do setor de automotivo; e Kimberly-Clark, de manufatura.

No ranking das médias empresas, 10 das 30 empresas selecionadas são das áreas de TI e telecom. Dessas, três estão no top 10 da lista: Dextra, na 2ª posição; Acesso Digital, na 4ª; e Radix, na 6ª.

As outras companhias que figuram na publicação são: Cigam, Compugraf, Conquest One, Daitan Group, FS, Metadados e Microcity.

Entre as multinacionais, o Google lidera o ranking. O SAP Labs Latin America ficou com o 7º lugar da lista. A VMWare ficou com o 9º, seguida pela PromonLogicalis, fechando o top 10.

Na segunda parte da lista, que não considera colocações, aparecem as empresas Cisco, EMC, HSBC Software Development, Movile e Thoughtworks Brasil.

O ranking de 2015 do GPTW é a 19ª edição do prêmio. Neste ano, a publicação contou com 1.454 organizações inscritas. Em 2014, foram 1.276 participantes.