A MRS é uma operadora logística com mais de 1,6 mil km de malha ferroviária. Foto: Divulgação.

A DXC, resultado da fusão da área de serviços de TI e terceirização da HPE com CSC, irá desenvolver serviços de suporte digital para a MRS, que atua com operação operação logística. A empresa vai aplicar recursos de inteligência artificial (IA) e analytics para configurar assistentes virtuais.

Os agentes virtuais da solução MyWorkStyle, da DXC, irão responder as dúvidas mais frequentes dos colaboradores da MRS. 

Os assistentes contam com recursos de automação de serviços, IA, machine learning e tecnologias de linguagem usual. 

A partir do contato de colaboradores, os operadores digitais irão identificar a criticidade de cada questão, coletar as informações necessárias para um diagnóstico inicial e buscar alternativas básicas de resolução de cada problema. 

O sistema de agente virtual será totalmente implementado até outubro de 2018 e atenderá diretamente cerca de 6 mil colaboradores da MRS nos próximos cinco anos.

A MRS é uma operadora logística com mais de 1,6 mil km de malha ferroviária nos estados de Minas Gerais, Rio de Janeiro e São Paulo. 

“Nosso objetivo é ajudar a MRS a se transformar com um workplace digital centrado no usuário, que ofereça uma experiência segura e eficiente para os seus funcionários e usuários” diz Luciano Corsini, presidente da DXC Technology para a América Latina Sul. 

A DXC vem trabalhando com a MRS para mapear suas necessidades em TI há cerca um ano. 

“Como uma das ferrovias mais produtivas do mundo, nós estamos sempre em busca de parceiros que tragam inovações tecnológicas e das melhores práticas de mercado. E foi isso que a DXC nos propôs. Para o serviço de Service Desk e Field Service, a MRS selecionou potenciais empresas de serviços de TI com presença global, alta capacidade técnica, boa saúde financeira e, ainda, com competências realmente constatadas pelos seus atuais cliente” diz Raphael Steiman, gerente geral de suprimentos da MRS.

A DXC Technology atende cerca de 6 mil empresas em 70 países.