REDE

Claro e Ericsson apresentam teste de 5G

18/10/2016 12:35

O acordo entre a Ericsson e a América Móvil foi feito em 2015.

A Claro e a Ericsson realizaram o primeiro teste da tecnologia 5G no Brasil. Foto: Divulgação.

Tamanho da fonte: -A+A

A Claro e a Ericsson realizaram durante a Futurecom 2016 o primeiro teste da tecnologia 5G no Brasil.

De acordo com as empresas, o 5G possibilitará às organizações entrarem em mercados pouco explorados e desenvolver novos modelos comerciais, incluindo aplicações voltadas para a internet das coisas. 

Os recursos disponíveis a partir do uso desta tecnologia incluem maior capacidade de rede e ampliação do tráfego de dados e baixa necessidade de energia.

"Esse é um importante passo para a evolução das redes de telefonia celular no Brasil. Estamos muito satisfeitos em viabilizar, pela primeira vez no país, testes com o 5G e participar ativamente do desenvolvimento dessa tecnologia. A quinta geração da telefonia móvel permitirá tráfego de dados centenas de vezes maior do que é oferecido hoje”, afirma André Sarcinelli, diretor de engenharia da Claro.

O acordo entre a Ericsson e a América Móvil, grupo de telecomunicações controlador das marcas Claro, Net e Embratel, para testar o 5G foi feito em 2015, durante um encontro com o governo brasileiro na sede da Ericsson, na Suécia.

“Estamos convencidos de que a próxima geração de banda larga móvel e de internet das coisas, habilitadas pelo 5G, vão acelerar ainda mais as oportunidades de avanço em diferentes setores da indústria e em novas aplicações. Tirar os testes dos laboratórios e trazê-los para as redes, como estamos fazendo na Futurecom, é parte importante do processo que permitirá estar com as redes comerciais prontas em 2020”, diz Eduardo Ricotta, vice-presidente da Ericsson responsável pela unidade de negócio no Brasil.

*Maurício Renner cobre a Futurecom em São Paulo a convite da organização do evento.

Veja também

MVNO
Veek é homologada pela Anatel

A operadora planeja iniciar um teste beta até o final do ano.

MVNO
Governo de Minas investe na Datora

A Codepar irá investir R$ 52,650 milhões na companhia móvel.

EDUCAÇÃO
Huawei leva brasileiros para China

A escolha dos estudantes aconteceu por meio de parceiras do programa Seeds for the Future.