Geladinha online. Foto: flickr.com/photos/braun1928/

A Ambev fechou um acordo para que produtos de onze marcas da cervejaria, como Brahma, Skol e Bohemia, sejam vendidos online pela  B2W, dona dos sites Americanas.com e Submarino até o final do ano.

Segundo revela o Valor Econômico, com a mudança a Ambev substitui a Comprafacil, empresa de comércio eletrônico do grupo brasileiro Hermes, que tinha no acordo com a Ambev o seu maior contrato comercial.

Jorge Paulo Lemann, Beto Sicupira e Marcel Telles são donos da Lojas Americanas, que tem 62,5% da B2W, e a Ambev é controlada pela AB InBev, dos mesmos investidores.

O Valor apurou com uma fonte que participou da concorrência que a B2W apresentou na proposta um percentual sobre as vendas, a ser pago à Ambev, acima da média oferecida. A empresa ainda teria a seu favor o volume de vendas em seus dois sites, os maiores em comércio on-line do país. 

A página de venda dos produtos ficará hospedada nos sites da B2W. O site de produtos da Ambev vende produtos de até R$ 8,4 mil para clientes como supermercados, bares e restaurantes e para o consumidor final. 

Há cerca de 100 itens à venda na página da empresa no site Comprafacil, que comercializa mesas, cadeiras e caixas térmicas, entre outros artigos. 

O Comprafacil não vai bem. Em novembro, azedou um negócio para venda para a Nova Pontocom (Casas Bahia e Ponto Frio). As dívidas a curto prazo chegam a R$ 200 milhões, diz o Valor.

No terceiro trimestre, a B2W teve alta de 22,4% na receita líquida, para R$ 1,5 bilhão, e queda no prejuízo de 14,6%, para R$ 38,6 milhões, em relação a igual período de 2012.