Elefante do Hadoop pronto para novos vôos. Foto: Shutterstock.

Um grupo de grandes nomes do mercado de TI anunciaram esta semana uma aliança para definir padrões e melhores práticas para o uso do Hadoop, framework aberto de análise e distribuição de dados criado pela Apache Foundation em 2011.

Segundo reporta o The New York Times, marcas como General Electric, Hortonworks, IBM, Pivotal e Verizon se uniram para desenvolver seus produtos a partir de um núcleo central de componentes do Hadoop. A aliança é chamada Open Data Foundation.

Para analistas, a decisão das companhias será importante para o avanço da plataforma, impulsionando aspectos como treinamentos e certificações, assim como desenvolvimento da tecnologia e novos produtos.

“O que estamos vendo é o crescimento de algoritmos em novos modelos de engajamento de consumidores", afirmou Paul Maritz, CEO da Pivotal, empresa desenvolvedora de softwares para uso na nuvem.

A Pivotal, companhia nascida a partir de ativos da EMC e VMware em 2013, teve em 2014 uma receita de mais de US$ 100 milhões, 40% dela proveniente de produtos de big data baseados em Hadoop.

O Hadoop também lida com dados em grande fluxo e em formatos não estruturados - o chamado Big Data. Ainda um desafio para muitos CIOs, o uso de aplicações para lidar com o Big Data poderia esbarrar em um mercado lotado de diferentes soluções e formatos de análise.

Para Herb Cunitz, presidente da Hortonworks, revenda e distribuidora Hadoop, o movimento de empresas em estabelecer práticas comuns será benéfica e pode levar o mercado de Big Data adiante em um ritmo mais acelerado.

“É uma iniciativa em que todos estão convidados a participar”, destacou Cunitz.

O movimento mostra que o Hadoop está pronto para fazer um impacto em grandes negócios. A Hortonworks teve seu IPO em dezembro, com uma capitalização de US$ 1 bilhão. Cloudera, maior revenda Hadoop no mercado, recebeu um aporte de US$ 740 milhões no ano passado.