O Facebook abriu parcialmente o Messenger para a publicação de novos chatbots. Foto: Pexels.

O Facebook abriu parcialmente o Messenger para a publicação de novos chatbots após três semanas.

No final de março, o Facebook havia bloqueado a entrada de novos robôs para revisar suas políticas de coleta e tratamento de dados.

A empresa divulgou em seu site para desenvolvedores que passou a aceitar novos chatbots para avaliação, mas somente as ferramentas de desenvolvedores com um determinado número de páginas na rede social – sem avisar o limite máximo. 

O Facebook vai priorizar a liberação dos bots que já estavam na fila antes do bloqueio para, depois, iniciar a avaliação de novos pedidos.

A medida de bloqueio fez parte de uma série de ações anunciadas no final de março pelo Facebook para melhorar aspectos de segurança e proteção de dados após os escândalos relacionados ao uso indevido de informações de usuários da rede social.

Uma das promessas é a realização de uma análise detalhada da plataforma para investigar todos os aplicativos que tiveram acesso a grandes quantidades de informações antes de uma alteração feita pela empresa em 2014 para reduzir o acesso a dados.

Caso uma ferramenta seja removida por uso indevido de dados, o Facebook irá informar os usuários e impedir os desenvolvedores de voltarem a utilizar a rede.

A companhia também irá determinar termos mais exigentes para aplicativos business-to-business: todos os desenvolvedores que criam aplicativos para outras empresas precisarão cumprir políticas e termos rigorosos, que serão divulgados com detalhes nas próximas semanas.