Administradora tem 29 empreendimentos nas cinco regiões do país. Foto: divulgação.

A BrMalls, administradora de shopping centers, adquiriu 104 equipamentos da Uniview, chinesa especializada em câmeras com sensor infravermelho que aferem a temperatura corporal, para reforçar os cuidados com a covid-19 na reabertura dos empreendimentos. 

Segundo a empresa, a tecnologia portátil pode identificar simultaneamente se uma ou mais pessoas estão com febre, um dos sintomas da doença. 

O primeiro lote de câmeras, com 52 unidades, foi recebido na última sexta-feira, 15, e os equipamentos começam a ser utilizadas a partir desta semana. A segunda e última remessa tem previsão de desembarcar no Brasil em junho.

Cada um dos 29 empreendimentos da BrMalls, espalhados pelas cinco regiões do país, vai receber pelo menos três câmeras. Elas serão usadas nos principais acessos dos centros comerciais. 

Os primeiros equipamentos serão utilizados pelo shopping de Caxias do Sul, no Rio Grande do Sul, e pelo Shopping Campo Grande, em Mato Grosso do Sul, que reabriram no final do mês passado.

Os empreendimentos Catuaí Londrina e Catuaí Maringá, ambos no Paraná, voltaram a operar no início de maio e também receberão suas unidades ainda este mês.

“Procuramos as experiências do mercado asiático de shoppings que tiveram seu funcionamento flexibilizado nas últimas semanas após a queda de contaminação. Acreditamos que a tecnologia ao nosso favor vai elevar o nosso cuidado com a saúde de nossos clientes, colaboradores e lojistas”, afirma Renato Gaspar, diretor de operações da BrMalls.

Segundo a empresa, as câmeras vão reforçar o trabalho de triagem que já é realizado na entrada dos shoppings. 

Desde as primeiras a reaberturas, todos os clientes, lojistas e colaboradores têm a temperatura checada com termômetros manuais antes de acessarem os centros comerciais.

Já o sistema de monitoramento de wifi dos aparelhos celulares – que antes era utilizado para mapear áreas com mais ou menos circulação de consumidores por meio de manchas de calor – agora é usado para identificar possíveis aglomerações pelos corredores.

Esses dados são cruzados com as imagens de câmeras de segurança e, se confirmada a situação, um agente é deslocado para fazer o trabalho de conscientização dos clientes.

Outras medidas reforçadas foram a higienização do sistema de ar condicionado com uso de filtros biológicos e pastilhas antibactericidas, limpeza de todas as áreas do shopping com água ozonizada e automatização das cancelas do estacionamento para evitar acionamento manual. 

Além disso, foram determinados o uso obrigatório de máscaras pelos os colaboradores dos shoppings, a disposição de álcool gel em todas as áreas do empreendimento, o distanciamento das cadeiras na praça de alimentação e a marcação no piso para evitar aproximação de pessoas em filas, nas escadas rolantes e nos elevadores.

A BrMalls teve lucro de R$ 171,4 milhões no quarto trimestre de 2019, aumento de 5,3% sobre um ano antes.

Já a Uniview é a quarta maior empresa da circuito fechado de televisão do mundo, atuando em 145 países.

As câmeras que detectam temperatura estão ganhando adeptos no país, que está reabrindo locais públicos ao mesmo tempo em que luta contra o número crescente de infectados com coronavírus.

Recentemente, o Aeroporto Internacional de Brasília também adotou uma ferramenta parecida, mas da chinesa Hikvision, especializada em soluções de IoT em vídeo. Neste caso, a câmera é capaz de detectar a temperatura na superfície da pele de 30 pessoas ao mesmo tempo.