Hermínio Gastaldi, diretor de Mercado da Senior.

A Senior anunciou um investimento de R$ 1 milhão em um programa de ampliação de canais que visa adicionar 10 novos parceiros no país, aumentando em 10% a rede total.  

As prioridades são cidades importantes no interior dos estados como São José do Rio Preto (SP), Presidente Prudente (SP), Juiz de Fora (MG), Montes Claros (MG), Rio Verde (GO), Anápolis (GO), Barreiras (BA), Feira de Santana (BA), São Luís (MA), Imperatriz (MA), além das capitais Manaus e Fortaleza.

 “Trata-se de regiões economicamente dinâmicas e em crescimento, consideradas estratégicas para a expansão de nossa operação”, afirma Hermínio Gastaldi, diretor de Mercado da Senior.

A preferência será dada a empresas com atuação estabelecida nessas regiões, com força de vendas e consultores de TI próprios. Um alvo podem ser canais dessatisfeitos com a atuantes com a concorrência, indica Gastaldi.

“O mercado de ERP principalmente passou por um processo de fusões que não foi benéfico para muitos parceiros”, afirma o executivo sem dar nomes, mas numa menção bastante explícita à Totvs, que passou por um processo de digestão das suas incorporações ao longo dos últimos anos.

A nova política de canais da Senior é produto de um aconselhamento direto com a consultoria especializada Direct Channel e prevê um período de incubação de até 18 meses para os novos parceiros.

Em março, a empresa anunciou a contratação do executivo gaúcho Marcelo Daniel Gallarreta, ex-Get Net e Net, para assumir como gerente Nacional de Vendas da Senior.

“Oferecemos um programa com regras claras, capacitação e certificação técnica e comercial, campanhas de incentivo às vendas e uma remuneração atrativa”, destaca Gastaldi, enfatizando que a Senior consegue provar para os possíveis interessados que trabalhar com os produtos da companhia pode oferecer mais retorno do que “qualquer aplicação financeira”.

Fundada em 1988 em Blumenau, a Senior tem filiais em São Paulo, Rio Grande do Sul, Mato Grosso do Sul e Pernambuco), atendendo mais de 10 mil clientes.

O volume de negócios - a soma do faturamento direto e das vendas Senior de 100 canais - foi de R$ 455 milhões em 2012, uma alta de 21% em relação aos resultados do ano anterior.
 
Desse total, 40% ficaram com vendas de ERPs, outros 40% com a solução de gestão de folha e 20% com o negócio de controle de acesso.