Eric Yuan, CEO e fundador da Zoom. Foto: divulgação.

Tamanho da fonte: -A+A

A Zoom, especializada em teleconferência por vídeo, anunciou a aquisição da Five9, americana focada em soluções de contact center em nuvem, por cerca de US$ 14,7 bilhões (aproximadamente R$ 75,2 bilhões).

A transação já foi aprovada pelos conselhos de administração das duas companhias e deve ser concluída no primeiro semestre de 2022. 

Depois disso, a Five9 será uma unidade operacional da Zoom comandada por Rowan Trollope, CEO da comprada. O executivo responderá a Eric Yuan, CEO e fundador da compradora.

Fundada em 2001, a Five9 tem sede na Califórnia, Estados Unidos, e realiza mais de 7 bilhões de interações com uma base de mais de 2 mil empresas clientes em todo o mundo.

Sua plataforma, o Five9 Intelligent Cloud Contact Center, fornece engajamento digital, análise, automação do fluxo de trabalho, otimização da força de trabalho e inteligência artificial. 

Entre os seus clientes, estão Citrix, Siemens, Under Armour, PAR Technologies, Athenahealth, NexRep, SNHU, Regent University, Universidade de Akron e Englishtown.

A empresa chegou ao Brasil em 2017, com o lançamento da Nuveto, uma companhia focada no setor de call center lançada por investidores e que representa a Five9 com exclusividade no país.

Em abril de 2020, a Five9 anunciou a contratação de Luis Sirera, ex-diretor de vendas da Avaya, como country manager da empresa no Brasil — para ajudar no crescimento no mercado.

Apesar de ter sua plataforma muito usada no país, a própria Zoom também só montou uma operação brasileira muito recentemente. O primeiro comunicado oficial foi em dezembro de 2020, com a contratação de Alfredo Sestini como head da empresa no Brasil.

Com a aquisição, a compradora espera ampliar sua presença junto aos clientes corporativos e acelerar sua oportunidade de crescimento de longo prazo, adicionando um mercado de US$ 24 bilhões.

A compra deve complementar a oferta do Zoom Phone, sistema telefônico também em nuvem, além de oferecer às duas empresas oportunidades de vendas cruzadas para as duas bases de clientes.

“Acreditamos que esta aquisição cria uma plataforma líder de engajamento do cliente, que ajudará a redefinir como companhias de todos os tamanhos se conectam com seus clientes. Estamos entusiasmados em unir forças com a equipe da Five9 e estou ansioso para recebê-los na família Zoom”, afirma Yuan.

Para Trollope, a união de forças proporcionará aos clientes empresariais da Five9 acesso às melhores soluções. 

“Isso, combinado com a filosofia de 'facilidade de uso' e amplo portfólio de comunicação da Zoom, realmente permitirá que os clientes se envolvam por meio do canal de sua escolha”, destaca o CEO da Five9. 

De acordo com o site NeoFeed, essa é a maior aquisição já realizada pela Zoom. 

Em junho deste ano, ela havia comprado a Kites GmbH, empresa de software de tradução automática. No ano passado, a companhia incorporou a startup Keybase, para desenvolver recursos de criptografia para o seu serviço de videoconferência.

Fundada em 2011, a Zoom está em alta desde o início da pandemia. No primeiro trimestre de 2020, alcançou US$ 328,2 milhões em receita, um aumento de 169% em relação ao mesmo período do ano anterior.

No trimestre fiscal encerrado em 30 de abril de 2021, o valor reportado chegou a US$ 956,2 milhões, com a empresa avaliada em US$ 106,6 bilhões.