A Riachuelo despacha dos seus centros de distribuição milhares de produtos para mais de 300 lojas. Foto: Divulgação.

A Riachuelo, a terceira maior rede de lojas de departamento do Brasil, adquiriu o software Taxrules, da Taxweb, com o objetivo de atender às exigências de governança fiscal, principalmente com velocidade no processamento de um grande volume de dados.

Diariamente, a varejista despacha dos seus centros de distribuição, localizados em São Paulo, Rio Grande do Norte e Amazonas, milhares de produtos para mais de 300 lojas.

Há três anos, a companhia realizou uma mudança em seu centro de distribuição, com investimentos na casa de R$ 250 milhões. Um dos objetivos era abastecer as lojas exatamente com o que os clientes precisavam, sem sobras ou buracos nos estoques. 

O projeto ficou pronto no último trimestre de 2016.

Com a mudança logística, a Riachuelo também necessitava olhar para os processos internos de governança, o que levou à adoção do Taxrules.

O cenário fiscal da empresa envolve a entrada de 100 mil notas fiscais eletrônicas por mês e a emissão média mensal de 300 mil. O Taxrules valida a carga tributária corretamente dos tributos diretos e indiretos nos âmbitos federal, estadual e municipal de todas as notas fiscais emitidas e recebidas pela Riachuelo.

“Apoiamos a tributação de 27 estados e diversos municípios, sem contar a complexidade fiscal aportada em cada produto, que traz regras diferentes, dentro de um enorme mix comercializado pela Riachuelo. A determinação exata da tributação permite que os produtos sejam faturados corretamente, evitando cobrar imposto de maneira majorada ou a menor, o que evita riscos de autuação, sem contar o ganho de margem, essencial para o negócio varejista”, explica Cibele Carvalho, diretora comercial da Taxweb.

Anterior à solução, a entrada de um produto novo no centro de distribuição, como um celular, por exemplo, que tem tributação diferenciada, era submetido à análise do departamento tributário e, em seguida, parametrizado manualmente em seu ERP (da SAP), incluindo uma regra específica para cada estado. 

“Agora a regra é definida pela Taxweb direto no Taxrules, que devolve à Riachuelo as informações tributárias corretas. Isso tudo integrado ao SAP”, explica Claudia Ferreira, gerente de contabilidade da Riachuelo.

Nos últimos anos, a empresa de varejo tem apostado em diversos projetos de tecnologia.

Em 2015, a empresa implementou um novo data center para sua estratégia de recuperação de desastres (disaster recovery) em um projeto realizado com a Aceco TI.

Dois anos depois, a Riachuelo abriu sua operação de e-commerce rodando um sistema da paulista Millenium. A plataforma selecionada pela loja foi a Magento. Para o design do portal, a empresa contratou a agência norte-americana Corra para criar a interface do portal.

Já em 2018, a rede de lojas contratou a Dimension Data para um projeto que envolveu a implantação e o gerenciamento da solução Cisco Meraki. O contrato fez parte do plano de expansão da rede, que planejava inaugurar cerca de 12 novas lojas em 2018.