Maurício Prado. Foto: Itamar Aguiar/Divulgação.

Maurício Prado não é mais country manager da SalesForce no país.

A informação é de fontes de mercado e foi confirmada pela SalesForce por meio da sua assessoria de imprensa.

Prado havia assumido a liderança da gigante de CRM na nuvem em fevereiro de 2016, vindo da posição de VP para uma área da SalesForce em nível latino americano assumida em 2014.

Antes, Prado foi diretor para América Latina, do site de compras de viagens Expedia, além de líder do grupo de servidores e ferramentas da Microsoft.

O executivo tem ainda passagens por Business Objects, Seal Tecnologia, Procwork, Plaut e Star Soft.

É difícil fazer um resumo da passagem de Prado pela liderança da SalesForce no Brasil, porque a empresa é uma caixa preta no país, divulgando muito pouca informação sobre a sua operação local.

A empresa não diz quantos canais tem, onde tem escritórios ou qual é a sua base de clientes no país.

A multinacional abriu uma operação no Brasil em 2013, afirmando ter 1,5 mil clientes no país

Em 2015, Prado revelou à reportagem do Baguete que a empresa já tinha 50 canais, 200 funcionários e operações regionais espalhadas por todo o país, mas isso foi tudo.

Desde então, a empresa tem se concentrado em divulgar novos contratos. A Embraer, Sul América e Arezzo são alguns dos clientes significativos conquistados no período.

Além disso, algumas empresas que começam a vender tecnologia SalesForce fazem elas mesmo divulgações sobre o tema: um dos maiores novos parceiros foi a CI&T, sediada em Campinas.