Mais de 30 entidades da América Latina serão beneficiadas com doações. Foto: flickr.com/photos/m-i-k-e

A Microsoft doará em 2014 a quantia de R$ 2,8 milhões em dinheiro e software para entidades sem fins lucrativos brasileiras, uma alta de 75% frente aos valores do ano passado. 
 
De acordo com a multinacional, a expectativa é que 470 mil jovens brasileiros sejam beneficiados com ações visando proporcionar oportunidades de emprego e empreendedorismo.

Em toda a América Latina, a empresa irá doar US$ 1,4 milhão em dinheiro para organizações. Com esse investimento, a companhia vai suportar as atividades de mais de 30 entidades em países como Argentina, Chile, Colômbia, México, Paraguai e Uruguai, além do próprio Brasil.

O apoio da Microsoft a entidades focadas na criação de oportunidades para jovens é resultado da preocupação com o cenário de desemprego nessa faixa etária. No Brasil, a taxa de desemprego entre pessoas de 18 a 24 anos era de 11% em novembro, ante uma média geral de 4,6% no país, segundo dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Essa situação é agravada pela disparidade entre os jovens que têm preparação, incluindo a  formação tecnológica, e acesso a oportunidades e os que não têm.

O Comitê de Democratização da Informática (CDI) e a Associação Telecentro de Informação e Negócios (ATN) são algumas das entidades brasileiras que são atendidas por recursos da Microsoft e trabalham com a capacitação de jovens.

“A parceria com a Microsoft foi fundamental para que conseguíssemos ampliar o alcance e impacto de nossas ações e para que atingíssemos mais de 1,5 milhão de jovens beneficiados desde a criação da organização, em 1995”, afirma Marcel Fukayama, diretor executivo do CDI.  A ONG é focada na formação em tecnologia e cidadania e estímulo à atividade empreendedora entre jovens de 16 a 24 anos, com presença em 15 estados brasileiros e mais 12 países.