Richard Branson. Foto: divulgação.

O mercado de carros elétricos de alta tecnologia, até então um terreno dominado pela norte-americana Tesla, pode receber um novo player. O bilionário Richard Branson, CEO da Virgin, está de olho no segmento.

Segundo a Bloomberg, Branson afirmou estar interessado em produzir seus próprios carros movidos à energia elétrica e competir com a empresa do também excêntrico empresário Elon Musk.

A declaração partiu o CEO da Virgin durante a participação de Branson em um evento de automobilismo patrocinado pela Virgin. A empresa de Branson participou em uma corrida de carros elétricos capazes de atingirem de zero a cem quilômetros por hora em três segundos.

Ao falar sobre a participação da companhia no evento, Branson admitiu que a Virgin conta com equipes trabalhando no desenvolvimento de carros elétricos, embora não tenha confirmado usos comerciais para esta pesquisa.

"Não tem como prever. Vocês poderão ver a Virgin competindo com a Tesla no ramo de automóveis assim como competimos no segmento espacial. Vamos ver o que acontece", disparou Branson.

A competição espacial citada por Branson tem a ver com a outra empresa capitaneada por Elon Musk, a SpaceX, que desenvolve projetos privados de tecnologia e veículos espaciais. A Virgin também investiu neste caminho, criando a Virgin Galactic, um projeto de "companhia aérea espacial".

O interesse da Virgin é mais um indício do crescimento dos negócios para empresas de carros elétricos. Além da Tesla, outras empresas como Google e até mesmo a Apple estão se movimentando nesta direção, com pesquisas em carros elétricos e inteligentes.