Felipe Fioravante, CEO e co-fundador do iFood. Foto: Divulgação.

O iFood, plataforma de delivery online de comida, anuncia uma nova captação de recursos com valor de R$ 100 milhões. O investimento foi liderado pela Movile e pela Just Eat

Os recursos serão usados para expandir a operação global da plataforma, garantindo sua presença no México por meio da compra de participação do SinDelantal.

O SinDelantal é o maior serviço de delivery de comida do México e foi adquirido pela Just Eat em fevereiro de 2015. O serviço cresceu mais com a compra da Hellofood Mexico, em fevereiro deste ano. 

Assim, A joint venture iFood e Just Eat será detentora de 49% da companhia, dividindo a administração da empresa. 

“Estamos sempre refletindo sobre a nossa experiência móvel e queremos ser a melhor opção e a maneira mais fácil de pedir comida por smartphones. O conhecimento de tecnologia móvel da Movile tem sido essencial para permitir uma experiência de alto nível e nos ajudar a aprimorar o nosso serviço”, afirma Felipe Fioravante, CEO e co-fundador do iFood.

No primeiro semestre, a iFood adquiriu a tecnologia da SpoonRocket para melhorar o backend de logística, com o intuito de otimizar o tempo das entregas. 

Desde seu lançamento, em 2011, o iFood já conseguiu incluir mais de 10 mil restaurantes em sua plataforma. 

“A expansão do iFood para o México foi uma decisão natural após observamos o sucesso da plataforma no Brasil. O iFood não só entende bem o mercado local, como tem conhecimento sobre como fazer as coisas funcionarem na tecnologia móvel”, diz David Buttress, CEO da Just Eat.. 

O iFood registra em média 1,8 milhão de pedidos mensais e valor anual transacionado aos restaurantes superior a R$ 1 bilhão. Com objetivo de expandir o serviço também para outras cidades do Brasil, o app espera atingir mais de 25 mil estabelecimentos até o final de 2016.

No ano passado, a empresa recebeu outro aporte da brasileira Movile e da holandesa JustEat, no valor de R$ 125 milhões.

Em fevereiro, a iFood comprou a gaúcha Devorando, aumentando a presença da companhia no mercado gaúcho, no qual a Devorando já reúne aproximadamente 500 restaurantes cadastrados.

No ano passado, a empresa adquiriu outros serviços regionais de pedidos online como a Apetitar, com atuação em Goiás e Distrito Federal, e Netcook, do triângulo mineiro.