São cerca de 15 meses de formação intensiva. Foto: divulgação.

O Grupo Dimed, que reúne a rede de farmácias Panvel, a distribuidora Dimed e o Laboratório Lifar, aderiu ao Programa FlowTalents, da Viaflow, para suprir sua demanda de profissionais de TI.

Com o objetivo de formar jovens sem experiência ou formação específica em TI de acordo com a demanda das empresas, uma turma do programa está com inscrições abertas através do site da Viaflow e vale para o Rio Grande do Sul e São Paulo. 

O curso é gratuito e os participantes ainda recebem remuneração. São cerca de 15 meses de formação intensiva, que inclui uma parte teórica e uma parte prática, onde os estudantes atuam nas empresas sob a supervisão da consultoria.

Segundo a companhia, o Grupo Dimed tem uma forte agenda de transformação digital, que inclui o desenvolvimento de uma plataforma unificada própria já no conceito omnichannel, e precisa de profissionais com capacidades em tecnologias específicas que estão em escassez no mercado.

O grupo já havia realizado projetos com a Viaflow anteriormente e procurou a consultoria para auxiliar no atendimento a demandas de mão de obra em tecnologias específicas ainda pouco trabalhadas por faculdades.

“Além de possuir cursos mais longos, as faculdades acabam não conseguindo acompanhar a velocidade de transformação dos negócios e da tecnologia. O FlowTalents preenche este gap e abre novas oportunidades de carreira para jovens com muito potencial”, ressalta Graziele Rossato, CEO da Viaflow.

Uma turma do FlowTalents foi então criada com 10 alunos, focando nas tecnologias elencadas pela empresa, passando também pelos conhecimentos base. Foram quatro meses de capacitação e treinamento, com dois participantes selecionados para seguir para uma nova fase.

Em uma espécie de estágio na Dimed, eles começaram por um trabalho mais burocrático,  conferindo as linhas de código da nova plataforma tecnológica da empresa. 

“Quando a tarefa estava começando a se tornar repetitiva, o inesperado aconteceu: perdemos para o mercado alguns colaboradores de áreas chave de uma hora para outra. Mas estávamos preparados, tínhamos esses profissionais em formação e foi possível fazer uma transação rápida e manter o andamento de nossos projetos”, conta Geovani Balestrin Scalcon, gerente de tecnologia da Dimed.

Apesar das altas taxas de desemprego e os impactos da pandemia, o mercado de TI continua a apresentar um déficit significativo de mão de obra especializada. 

Segundo dados da Brasscom, até 2024 o mercado brasileiro de TI terá 240 mil vagas em aberto. A entidade estima que haja uma demanda de 70 mil profissionais ao ano e apenas 46 mil formandos na área.

“A formação de talentos nos permite um planejamento de continuidade e proteção ao mercado aquecido e demanda por profissionais mais seniores. Conseguimos aproveitar pessoas com extremo interesse de aprendizado e bastante adaptáveis pela menor experiência anterior”, destaca Alexandre Rodrigo Arnold, CIO da Dimed.

Somente no primeiro trimestre deste ano, o Grupo Dimed teve um lucro líquido de R$ 16,4 milhões, o que representa um crescimento de 9,6% em relação ao mesmo período de 2019, além das vendas da companhia através dos canais digitais terem crescido 120%.

A Panvel, sua rede de farmácias, possui cerca de 450 lojas que comercializam mais de 15 mil itens entre medicamentos e produtos de higiene e beleza.

Fundada em 2001, em Porto Alegre, a Viaflow é uma consultoria de tecnologia especializada em automação de processos, integração de sistemas e outsourcing, incluindo fábrica de software e sustentação de aplicações, além da atuação em capacitação de profissionais de TI.

Até o momento, o Programa FlowTalents já teve quatro turmas com mais de 1 mil pessoas inscritas e 10% selecionadas. Aproximadamente 50% foram efetivadas, seja em empresas ou na própria Viaflow.