BIG FOUR

EY reforça time de tecnologia no Brasil

20/07/2021 11:49

Equipe do Tech Delivery vai saltar dos atuais 100 para 900 até 2024.

Gigante de consultoria vai aumentar muito o time. Foto: Divulgação.

Tamanho da fonte: -A+A

A EY vai reforçar para valer o seu time de tecnologia no Brasil, saltando dos atuais 100 funcionários para 900 até 2024.

A ampliação da equipe brasileira será feita em paralelo com a das operações na Argentina, onde a empresa deve passar de 40 para 300 funcionários, e no Chile, onde a meta é saltar de 20 para 200. 

Ao todo, são 1,3 mil contratações nos planos, com 400 já na primeira fase. A equipe deve atuar de forma virtual e distribuída geograficamente, sem a limitação de um espaço físico.

As contratações vão trabalhar em uma unidade chamada EY Tech Delivery, combinando serviços de desenvolvimento, de testes, de treinamento e sustentação de sistemas.

É uma abordagem mais robusta da que a EY tinha até agora, que se concentrava mais em serviços de consultoria para grandes projetos com um viés de gestão, em implantação de sistemas de gestão, por exemplo.

"O objetivo é termos novas competências e atuarmos de ponta a ponta em novos projetos, dando aos clientes a garantia de oferta de todos os recursos disponíveis e que deem apoio aos seus negócios", explica o sócio de Serviços Financeiros da EY, Gustavo Cameira, prometendo ainda “preços competitivos, com o melhor custo-benefício para nossos clientes”.

O número de contratações é significativo, se temos em conta que no total, a EY tem 5 mil profissionais em 12 escritórios, cifra que inclui o batalhão de contadores que atuam no ramo de auditoria, um dos negócios principais da EY.

As contratações não acontecem no vácuo, mas dentro de um movimento mais amplo de digitalização do negócio da EY: só no ano fiscal 2021, está previsto US$ 1,5 bilhão em projetos de inovação e qualidade de auditoria, soluções, pessoas e um ecossistema mais amplo de alianças estratégicas.

O atual presidente da EY Brasil, Luiz Sérgio Vieira, assumiu em 2016 com o background de ter sido o responsável pela estruturação do centro de inovação da empresa.

A EY tem inclusive feito aquisições para reforçar sua prática de tecnologia no Brasil.

Em fevereiro, a gigante comprou a parceira SAP paulista Partners Digital, uma empresa com cerca de 70 funcionários e que afirmava estar no "top 3" no país quando o assunto são softwares de customer experience da SAP, cujos produtos estão englobados na suíte C/4 Hana.

A empresa tem vários clientes de grande porte no segmento de varejo, como Decathlon, Natura, Makro e C&A.

ACCENTURE TAMBÉM SE MEXE

As Big Four, grupo das quatro grandes de consultoria cujo negócio no final do dia é fazer contas, devem ter concluído que comprar empresas de TI brasileiras de porte médio é uma boa ideia, porque começaram a fazer isso toda hora de uns tempos para cá.

A Accenture, por exemplo, levou duas. Agora em janeiro a Real Protect, uma companhia brasileira especializada em segurança, com destaque para os chamados serviços gerenciados de segurança (MSS, na sigla em inglês).

A Real Protect é sediada no Rio de Janeiro, tem 15 anos de atuação e 90 funcionários com perfis no Linkedin. A empresa é parceira da Trend Micro e Splunk, Fortinet e Palo Alto.

Em agosto do ano passado, a empresa comprou a Organize, companhia brasileira que estava entre as maiores parceiras no país da ServiceNow, da multinacional americana de software de gerenciamento de serviços na nuvem.

Veja também

NOMES
Grant Thornton reforça área de cibersegurança

Everson Probst ficará baseado em Curitiba e deve ajudar a bombar a prática na consultoria.

AÇÃO
SAP: novo plano para incentivar nuvem

RISE with SAP faz diversas promessas para promover a migração dos clientes para o S/4.

NOMES
Thomson Reuters reforça time comercial

Empresa contratou quatro executivos, todos com mais de 20 anos de experiência.

RENOVAÇÃO
Petrobras faz upgrade no SAP

Puxado pelo contrato, o setor de petróleo e gás foi o que mais cresceu na SAP do Brasil.

CONTACT CENTER
Zoom compra Five9 por US$ 14,7 bi

As duas americanas montaram operação no Brasil recentemente.

REFORÇO
SoftwareOne compra ITST

Gigante de integração de TI reforça sua prática SAP no Brasil com aquisição.