Fusão une duas empresas complementares. Foto: Pexels.

Tamanho da fonte: -A+A

O Grupo Siagri, especializado em software para gestão (ERP), fechou uma fusão com a Datacoper, focado em software para gestão de relacionamento com clientes (CRM).

A fusão une duas empresas especializadas no segmento de agronegócio, a primeira sediada em Goiânia e a segunda em Cascavel, no interior do Paraná.

Juntas, as companhias têm 700 funcionários, com 52 mil usuários em 4 mil clientes. A maior das duas em termos de equipe é a Siagri, com 560 funcionários.

Em nota, as companhias apontam que a fusão teve “apoio” do BTG Pactual, um dos maiores bancos de investimentos do país, mas não chega a esclarecer qual é a composição societária do novo negócio.

“A parceria com Datacoper e BTG nos ajuda a acelerar o crescimento para consolidarmos a maior plataforma tecnológica para o agro. São duas empresas com cultura parecida com a nossa, além da estratégia focada em inovação”, diz Carlos Barbosa, presidente do Grupo Siagri.  

“Temos sinergia de projetos e sonhos grandes de crescimento. Queremos gerar ainda mais valor para toda a cadeia produtiva”, afirma Cezar Bernardon, CEO da Datacoper.

Ambas empresas têm um perfil parecido, com cerca de duas décadas de atuação. 

O Grupo Siagri afirma fornecer tecnologia para 30% dos distribuidores de insumos agrícolas das principais bandeiras do mercado nacional.

A empresa atende também outras atividades da cadeia, como lojas agropecuárias, armazéns gerais, cerealistas e agroindústrias. 

O envolvimento na fusão da Siagri e Datacoper acontece no meio a uma série de investimentos do BTG no agronegócio.

Só entre fevereiro e maio, o banco comprou complexos de armazenamento de sementes, terminal de transbordo de açúcar, terminal portuário, o maior armazém de grãos da América Latina e outros ativos logísticos para o agronegócio em um total de 11 deals que somaram R$ 555 milhões.

Nos próximos dois meses, o banco deve comprar entre 12 mil e 15 mil hectares de terra num investimento de R$ 350 milhões, revela o site Neofeed.