O Banco Inter adotou a solução de assinatura eletrônica da DocuSign. Foto: Divulgação.

O Banco Inter, instituição financeira que oferece a abertura de conta corrente na modalidade digital, adotou a solução de assinatura eletrônica da DocuSign.

A adoção reduz de 14 para oito dias o processo de contratação de crédito consignado pelos canais próprios do banco. A iniciativa ainda fez com que a instituição diminuísse de 18% para 8% a taxa de desistência de clientes para a contratação deste tipo de produto.

“Somos um dos principais players da categoria Banco Digital em estágio avançado de digitalização da maior parte de nossos processos internos. Entretanto, buscávamos iniciativas inovadoras que proporcionassem ainda mais eficiência nas transações de crédito consignado e, ao mesmo tempo, que fossem capazes de oferecer uma excelente experiência aos nossos clientes”, afirma Daniele Nápoles, gerente de controle de pperações do Banco Inter. 

Para a procura de uma solução, a tecnologia deveria estar em conformidade com a Lei 10.820, do Código Civil, que rege a contratação para esse tipo de transação no Brasil, entre outros decretos, como a Medida Provisória nº 2200-2 de 24 de agosto de 2011, que institui a Infraestrutura de Chaves Públicas Brasileira (ICP-Brasil). 

O Banco Inter possui mais de 22 anos de mercado e atuação em todo o território nacional. Com a Conta Digital Inter, oferece todos os serviços por meio digital, incluindo a abertura.

Atualmente, a instituição conta com uma carteira de crédito de mais de R$ 2,3 bilhões e responde por mais de 1% do segmento de crédito imobiliário no Brasil. Seu patrimônio líquido é de R$ 350,8 milhões e os ativos totais ultrapassam R$ 3,4 bilhões.

A DocuSign atende a mais de 300 mil empresas e 200 milhões de usuários em 188 países.