O Hospital Santa Cruz (HSC) tem 78 anos. Foto: Divulgação.

O Hospital Santa Cruz (HSC), em São Paulo, contratou a Hitachi High-Technologies para um projeto de modernização de sua infraestrutura de tecnologia da informação.

Além da adoção do novo data center, feita em parceria com a Hitachi, também será feita a renovação do sistema de gestão hospitalar Tasy, da Philips, no primeiro semestre de 2018.

De acordo com Regina Sanches, gerente de TI do Hospital Santa Cruz, havia a necessidade de obter um sistema mais moderno, a fim de incorporar todo o volume de informações derivado do crescimento da instituição. 

"Para isso, precisávamos fazer a renovação do data center, incluindo um planejamento minucioso de mudança de local, capaz de abrigar todos os hardwares necessários", explica.

A partir disso, foi escolhido o Data Bunker Tier4 – sistema modular de TI concebido para ocupar pouco espaço e voltado para aplicações descentralizadas. 

"Optamos por uma solução inteligente, compacta, capaz de prover ao negócio mais liberdade no que diz respeito ao funcionamento e ao armazenamento dos dados, além de um local adequado com extrema segurança e com acesso restrito, porque qualquer falha pode comprometer a disponibilidade dos sistemas e impactar a rotina do Hospital", complementa a gerente de TI do HSC.

A aquisição do data bunker da Tier4 proporcionou menor utilização de infraestrutura física, aumento da taxa de utilização dos servidores, incremento dos procedimentos de recuperação de desastres, entre outras mudanças. 

"Além disso, conquistamos um aumento de espaço de armazenamento 11 vezes maior, uma ampliação de 4,5 vezes na memória RAM, e o dobro na capacidade do processamento", complementa a executiva.

Para o início do ano que vem, o atual sistema de gestão em saúde (Tasy) deve ser modificado para a versão Java. 

"Esta mudança em relação à versão atual trará maior modernização à plataforma, que já é conhecida e adotada no mundo todo. Estamos muito otimistas com todas as mudanças e acreditamos que esta atualização de sistemas só tem a agregar tanto no atendimento aos pacientes quanto aos processos de trabalho dos colaboradores do HSC", enfatiza Regina Sanches.

O HSC tem 78 anos e é referência em oftalmologia, ortopedia, neurologia e cardiologia.

A instituição promove mais de 1 milhão de atendimentos ao ano, tendo 36 especialidades no Ambulatório, além do Pronto Atendimento e dois Centros Cirúrgicos - Geral e o Oftalmológico.