FINTECHS

Asaas compra Code Money

20/09/2021 10:45

Esta é a segunda aquisição da empresa em 2021, após receber um aporte de R$ 37 milhões.

Piero Contezini, CEO do Asaas. Foto: divulgação.

Tamanho da fonte: -A+A

A Asaas, fintech de Joinville especializada em gestão de cobranças para profissionais autônomos, anunciou a aquisição da startup Code Money, uma carteira digital focada em conectar compradores a estabelecimentos comerciais.

Fundada em 2017, a Code Money realiza pagamentos e recebimentos, transferências entre usuários, pagamento de boletos, saque nos caixas 24h, recarga de celular, transferência para a conta bancária e pagamentos a distância.

A fintech nasceu em Brusque, cidade catarinense com população estimada de 137 mil pessoas. Em 2018, a empresa recebeu R$ 200 mil em aportes e, em 2019, se mudou para Florianópolis.

Fora os fundadores Júnior Beltrão (CEO) e Thuran Crespi (CTO), a startup também tinha sete acionistas minoritários, provenientes de duas rodadas de investimento, que tiveram sua participação comprada durante a aquisição.

Com a venda, a Code Money passa a ser um produto dentro da operação Asaas e deverá ganhar um novo nome e posicionamento nos próximos meses. Beltrão tornou-se Chief Marketing Officer (CMO) da Asaas e Crespi assumiu como líder técnico da Code Money.

Até então focada em micro e pequenos empreendedores, a Asaas passa a atuar com novas soluções financeiras também para os consumidores finais. A principal delas deve ser o serviço de Buy Now, Pay Later, que permitirá o financiamento de cobranças.

“Esse modelo de negócios está em ascensão em todo o mundo e, apesar do grande potencial de crescimento no Brasil, ainda não é muito explorado por aqui. Queremos aproveitar essa oportunidade e dar início ao movimento”, explica Piero Contezini, CEO da Asaas.

A fintech também espera criar um canal de relacionamento adicional entre as empresas que utilizam a plataforma e os seus clientes, aprimorando a experiência na compra e venda de produtos e serviços intermediadas pela Asaas.

Esta é a segunda aquisição realizada pela Asaas em 2021. Em maio, a empresa anunciou a compra da Base, uma startup de ERP SaaS, que teve como objetivo adicionar funcionalidades de gestão financeira ao portfólio da fintech. 

Segundo a companhia, a estratégia de aquisições faz parte do plano de se tornar um “super app do empreendedor”.

No fim de 2020, a Asaas recebeu um aporte de R$ 37 milhões em rodada liderada pelo fundo de investimento Inovabra Ventures, braço de venture capital do Bradesco. Uma nova captação de investimento deve ser anunciada em breve.

A Asaas é uma spin-off da empresa Informant, companhia de Joinville que também deu origem à ContaAzul, especializada em sistemas de gestão na nuvem. Hoje, a Asaas conta com 80 mil clientes e já transacionou mais de R$ 3 bilhões pela sua plataforma. 

Em 2021, a meta da fintech é chegar ao volume de R$ 6 bilhões transacionados e atingir mais de 100 mil clientes. Depois, a expectativa é chegar a 300 colaboradores até 2022, abrindo mais cinco escritórios comerciais nas maiores capitais do país.

Nos próximos quatro anos, a startup pretende atender a 1 milhão de pequenos negócios e transacionar mais de R$ 30 bilhões ao ano, levando seu faturamento para mais de R$ 1 bilhão em 2024.

Veja também

AQUISIÇÃO
Neogrid compra Arker por R$ 26 milhões

Startup é especializada em controle e performance de verbas comerciais das indústrias.

REFORÇO
Compasso UOL compra agência digital nos EUA

Content Thread é sediada em Atlanta e especialista em tecnologias da Adobe.

PRODUTOS
Rede Oba turbina e-commerce com Semantix

Uma das principais redes de hortifruti do país tem melhores resultados no digital.

E-COMMERCE
PicPay cria marketplace com VTEX

Com início no final do ano passado, o projeto foi ao ar em menos de cinco meses.

CONTEÚDO
Americanas compra Skoob

Rede social colaborativa tem como ponto de interesse as avaliações de livros.

APORTES
Sabini Jr tem fundo focado em retail techs

Meta é investir R$ 100 milhões em até 15 startups focadas em soluções para o varejo.