GOVERNO FEDERAL

Servidores tem app para contracheque

20/11/2015 13:03

O aplicativo Sigepe mobile foi lançado pelo Mnistério do Planejamento. Foto: TATSIANAMA/Shutterstock.

Tamanho da fonte: -A+A

O aplicativo Sigepe mobile, lançado nesta quinta-feira pelo Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão (MP), permite que servidores federias acessem os contracheques dos últimos 12 meses, prévia do mês seguinte e dados cadastrais pelo smartphone ou tablet.

O aplicativo é voltado para 1,4 milhão de servidores, aposentados e pensionistas do executivo federal e pode ser usado em dispositivos com sistemas operacionais Android e iOS a partir de dezembro. 

A iniciativa faz parte do novo Sistema de Gestão de Pessoas do Governo Federal (Sigepe).

Hoje, o acesso ao contracheque é o serviço mais acessado do Sigepe Servidor. Por mês, são mais de 1 milhão de visualizações. 

Além dessa funcionalidade, o aplicativo permite que o servidor receba um aviso quando a prévia do contracheque estiver disponível e apresenta gráficos com detalhes sobre rendimentos e descontos. 

“O uso de tecnologias móveis é uma tendência mundial. Com o lançamento desse aplicativo, abrimos um novo canal de comunicação com os servidores públicos federais”, ressaltou o secretário de Gestão Pública do MP, Genildo Lins. 

Em uma segunda etapa, a ser implementada no primeiro semestre de 2016, serão incluídas outras funcionalidades: autorização e verificação de consignações; consulta e agendamento de férias.

Para acessar o aplicativo, o usuário informará o CPF e a mesma senha do portal de Serviços do Servidor do Sigepe. Caso nunca tenha utilizado o site, o primeiro acesso deverá ser efetuado pela web.

Veja também

SPIN-OFF
F.biz lança MUV para mobile

A unidade de mobile da agência brasileira F.biz foi separada da empresa.

UBER DO DELIVERY
Partiu Entregas mira 5 mil usuários

Com uma semana em operação, o app conquistou mais de 100 motoristas autônomos.

É OFICIAL
Simples doméstico: nada deu certo

Não se sabe quantos usuários foram afetados pelo problema.

INVASÃO
Hackers roubam senhas do Exército

Comportamento de militares em competições técnica causou retaliação hacker.