PÁTIO DIGITAL

AMcom sustenta projeto de educação em SP

20/12/2018 12:10

A companhia fornecerá a manutenção dos sistemas legados e o desenvolvimento de novas ferramentas.

Andréia Rengel, presidente da AMcom. Foto: Divulgação.

Tamanho da fonte: -A+A

A AMcom, empresa de Blumenau especializada em desenvolvimento customizado, sustentação de sistemas, consultoria e alocação de profissionais, vai sustentar o Pátio Digital, iniciativa criada pela Secretaria Municipal de Educação de São Paulo.

A companhia fornecerá a manutenção dos sistemas legados e o desenvolvimento de novas ferramentas que corroboram com os pilares do programa, baseados em Transparência e Dados Abertos, Colaboração Governo-Sociedade e Inovação Tecnológica.

O primeiro ciclo de desenvolvimento contemplará a reformulação dos sistemas de alimentação escolar e de gestão pedagógica, como o Diário de Classe on-line, além do portal da secretaria. 

Todos os sistemas serão reescritos  de acordo com as necessidades dos usuários. Para isso, serão entrevistados funcionários, pais e alunos.

"O Pátio Digital é uma iniciativa de Governo Aberto que busca dar mais transparência e viabilizar a colaboração entre governo e sociedade por meio da inovação tecnológica e o contrato com a AMcom vai permitir a expansão do projeto", pontua Fernanda Campagnucci, coordenadora da estratégia de transformação digital da SME-SP.

O desenvolvimento dos projetos por meio da metodologia ágil permitirá entregas enxutas e testadas ao longo do projeto. 

"A transformação digital está chegando à educação pública e a Secretaria Municipal de Educação de São Paulo está na vanguarda deste movimento. É um projeto que vem ao encontro do nosso modelo de atuação, que é tornar a tecnologia real", acrescenta Andréia Rengel, presidente da AMcom.

O segundo ciclo de desenvolvimento contemplará a gestão de pessoas e a arquitetura de dados estratégicos. O último envolverá a gestão de insumos e o suporte às unidades educacionais. 

Ao todo, serão sete células de desenvolvimento, com pelo menos três projetos por célula.

O modelo de governo aberto da secretaria, que já ganhou destaque internacional com a premiação Governarte do BID (Banco Interamericano de Desenvolvimento) pela transparência no orçamento, foi inspirado em projetos desenvolvidos na Espanha e no Reino Unido, além de referências na América Latina. 

A AMcom tem 21 anos de mercado e atende a nomes como Bunge, Brandili, Cecred, Dudalina, Embraco, Hering, Infraero, Philips, Jequiti Cosméticos, Tigre e Senac. A companhia tem 200 clientes ativos.

Em junho, a empresa inaugurou uma nova sede, que contou com investimento de R$ 5 milhões.

Veja também

LIDERANÇA
AMcom terá novo comando em 2019

Andréia Rengel assume o posto de presidente no lugar do fundador da empresa, Marcelo Furtado.

REFORÇO
Moura, ex-Servimed, é COO da AMcom

Moura tem passagens pelas áreas de TI de empresas como Votorantim, Europ Assistence e AES Brasil.

CONTRATAÇÃO
Ex-Senior é gerente de vendas da AMcom

O executivo substitui Agostinho Artur Schnaider, que passou à diretoria de vendas e marketing.

EXPANSÃO
AMcom investe R$ 5 mi em nova sede

Com 4 mil metros quadrados construídos, a sede tem capacidade para 400 colaboradores. 

MARINGÁ
AMcom automatiza processos do Sicoob

O objetivo é suportar a gestão do fundo de recursos para abertura de Pontos de Atendimento.

CARREIRA
AMcom tem novo gerente de inovação

Michael Oliveira ingressou na companhia em 2015.

CARREIRA
AMcom contrata gerente comercial

Agostinho Artur Schnaider dedicou 18 anos à fundação e gestão da KeepIT.

DESENVOLVIMENTO
AMcom amplia CMMI 3

A certificação inicial, obtida em 2014, dizia respeito apenas aos processos de programação e testes.