Mauricio Cascão, CEO da Mandic. Foto: divulgação.

Tamanho da fonte: -A+A

A mira da Mandic para o futuro é assumir a liderança em cloud computing para o mercado corporativo e pequenos e médias empresas no país. Em nota divulgada à imprensa, a companhia destacou que já investiu cerca de R$ 4 milhões, após a sua venda para o Riverwood Capital, grupo global de tecnologia.

Este movimento resultou na integração com os serviços da Tecla Internet com o objetivo de criar a companhia líder em soluções de Infraestrutura como Serviço (IaaS) e Software como Serviço (SaaS) na nuvem.

A empresa também investiu na contratação de profissionais especializados, somando mais de 80 contratações nos últimos quatro meses, com destaque para Maurício Cascão (CEO), Romi Schneider, diretora de Pessoas, Márcia Kamada, diretora de Atendimento, Rosangela Sutil, diretora Administrativo Financeira, Roberto Fiedler, diretor Comercial Região Sul, entre outros.

“Em pouco menos de 5 meses somos uma nova empresa, com uma nova cara e um novo conceito. Temos foco real na qualidade dos serviços e no atendimento, e sabemos que o mercado brasileiro está carente destes quesitos.”, completa Cascão.

Somente em hardware, equipamentos e infraestrutura, tais como storages, roteadores e blades, já foram investidos mais de R$ 4 milhões.

COMPRA

O Riverwood Capital comprou a Mandic em março, fundindo suas operações com a Tecla Internet, cujo controle já estava nas mãos do fundo.

Não foram revelados detalhes sobre valores ou a nova composição acionária do negócio, apenas que um plano de investimentos de R$ 100 milhões até 2015.

“Não tem segredo, para sermos os melhores neste mercado temos que investir, não só em tecnologia, mas em pessoas e processos. E a Mandic veio para fazer a diferença e o mercado vai perceber isso.”, dispara Maurício Cascão, CEO da Mandic.