E-books a partir de 2015. Foto: flickr.com/photos/nooccar

Tamanho da fonte: -A+A

Pela primeira vez, o Programa Nacional do Livro Didático (PNLD) incluirá e-books no material a ser entregue a alunos e professores do ensino médio da rede pública.

A novidade foi divulgada com o início das inscrições destinada a editoras para obras ao ano letivo de 2015, conforme notícia da Agência Brasil.

Os títulos cadastrados são avaliados pelo Ministério da Educação que elabora um guia com resenhas de cada obra aprovada. A partir disso, cada instituição opta pelos os livros que deseja utilizar.

Conforme especifica o PNLD, a versão digital deve vir acompanhada do livro impresso e incluir conteúdos educacionais digitais como vídeos, animações, simuladores, imagens e jogos.

O material que será adquirido pelo governo engloba as seguintes disciplinas: português, matemática, geografia, história, física, química, biologia, inglês, espanhol, filosofia, sociologia e artes.

De acordo com o Ministério da Educação, a previsão inicial de aquisição para 2015 é de aproximadamente 80 milhões de exemplares para atender mais de 7 milhões de alunos.

O período de inscrição de obras vai até 21 de maio.