PLANOS

Sensedia fatura R$ 130 mi, alta de 70%

21/01/2022 12:40

Com dinheiro de fundo, empresa de tecnologia para APIs projeta expansão.

Marcílio Oliveira, cofundador e Chief of Growth da Sensedia. Foto: Divulgação

Tamanho da fonte: -A+A

A Sensedia, uma empresa paulista de tecnologia para gestão de APIs, fechou o ano passado com um faturamento de R$ 130 milhões, uma alta de 70% frente aos resultados de 2020.

Em nota, a Sensedia atribuiu o bom resultado ao crescimento de plataformas digitais como e-commerce e marketplace, pagamentos eletrônicos e carteiras digitais, uma série de iniciativas que dependem do uso de interfaces de programação de aplicações, ou APIs.

Outro movimento que beneficia a empresa é o chamado Open Banking, que estimula a integração de fintechs, bancos e outros provedores de serviço na área financeira.

A Sensedia contribuiu como conselheira do Banco Central no estabelecimento de regras e no design das interfaces técnicas do modelo Open Banking,  para a abertura de dados entre instituições financeiras. 

“Nessa esteira, já vemos o “Open Everything” virar realidade. As estruturas de governança já começam a dar os primeiros passos para acelerar o debate sobre Open Health e Open Education”, explica Kleber Bacili, CEO e cofundador da Sensedia.

Para 2022, a Sensedia planeja internacionalizar mais a operação, começando com uma nova filial nos Estados Unidos. 

A empresa já tem clientes em 10 países da Europa e da América Latina, mas a maior parte da receita é proveniente do Brasil. 

A investida internacional começou com atuações no Peru e na Colômbia. Em seguida, a empresa inaugurou operações no Reino Unido, Alemanha, Espanha, Suíça e Lituânia, esse último, um reconhecido hub global de fintechs e startups. 

“Nossa solução resolve um problema global, mas o Brasil representa 3% do mercado de gerenciamento de APIs, enquanto a Europa representa 25% e os EUA, 50%”, explica Marcílio Oliveira, cofundador e Chief of Growth da Sensedia.

Em abril do ano passado, a Sensedia recebeu um aporte de R$ 120 milhões, liderado pelo Riverwood Capital.

A Sensedia é resultado de um spin off da CI&T, uma grande empresa campinense na área de desenvolvimento de software (com grande presença internacional, inclusive), ainda em 2006. As duas empresas ainda tem uma relação próxima. 

Um dos co-fundadores e hoje CFO da Sensedia, Fernando Matt, é hoje o presidente do conselho da CI&T.

Veja também

APIs
Salt Security abre no Brasil

Empresa quente de segurança chama Daniela Costa, ex-Arcserve e CA.

CAPITAL
Sensedia levanta R$ 120 milhões

Aporte na empresa de gestão de APIs veio do fundo Riverwood.

VENTURES
Tivit compra Sensr IT

Plataforma de gerenciamento de governança de TI é a quarta compra em dois anos.

HACKATHON
Time da CI&T vence desafio global de Open Finance

Competição foi promovida por Itaú Unibanco, CIBC, National Australia Bank e Grupo NatWest.

VAREJO
Midway: open banking com Opus Software

A fintech da Riachuelo está implementando a fase três do novo sistema bancário.

APIs
Sicredi faz open banking com Sensedia

Cooperativa de crédito está adiantada em relação ao cronograma do Banco Central.