FOODTECH

Goomer recebe aporte de R$ 15 milhões

21/05/2021 12:16

Rodada foi liderada pelo fundo Bridge One com Domo Invest e Aimorés Investimentos.

Daniel Wassano, Felipe Maia Lo Sardo, Lívia Prado, João Arcalá e Rafael Laganaro estão à frente da Goomer. Foto: divulgação.

Tamanho da fonte: -A+A

A Goomer, startup paulista focada no mercado de bares e restaurantes, recebeu um aporte de  R$ 15 milhões em rodada série A liderada pelo fundo Bridge One com participação da Domo Invest e do fundo Aimorés Investimentos.

Fundada em 2014, a foodtech tem sede em Sorocaba, São Paulo e atua em todo o território nacional. A empresa tem quatro soluções voltadas para a captura de pedidos dos clientes, seja em casa ou dentro dos estabelecimentos. 

A primeira é a GoomerGo, plataforma de delivery integrada ao WhastApp que não cobra taxas ou comissões, seguida pelo Goomer Na Loja, sistema que permite ao cliente captar o QR code e acessar o cardápio digital. Além disso, oferece o cardápio digital para tablets e para totens de autoatendimento.

Atualmente, a companhia está presente em todos os estados brasileiros, atuando com mais de 110 mil clientes em cerca de 2,7 mil cidades. Somente em 2020, a Goomer estima ter movimentado cerca de R$ 380 milhões em entregas, gerando R$ 38 milhões de economia em taxas de comissão.

Com a injeção de capital, a empresa espera aumentar seu faturamento em 300%, atingindo a marca de R$ 20 milhões no fim de 2021, além de alcançar 230 mil estabelecimentos. Para isso, deve acrescentar 60 novos colaboradores ao time, fechando o ano com 135 funcionários no total.

“Temos uma base bastante relevante, que continua crescendo exponencialmente. Agora vamos construir mais produtos e serviços para ampliar nossa proposta de valor e, como consequência, a receita nesta base já instalada”, adianta Felipe Maia Lo Sardo, fundador e CEO da Goomer.

O investimento captado será utilizado principalmente na evolução da plataforma omnichannel da foodtech, com o intuito de consolidá-la como um braço direito de tecnologia para o mercado de foodservice, principalmente no setor de vendas e atendimento.

Segundo a Bridge One, a decisão de incluir a startup no portfólio de investidas foi baseada principalmente pela qualidade dos empreendedores que estão à frente do negócio, no tamanho do mercado endereçável e também pelos resultados já alcançados.

“Focamos em empresas B2B que estejam liderando a disrupção em seus mercados, com alto crescimento e sólido unit economics. No caso da Goomer, todos esses ingredientes estão presentes e o potencial de crescimento dentro da base existente é um enorme atrativo”, afirma João Brandão, sócio e fundador do fundo.

Para a Domo Invest, que já havia investido anteriormente na startup, participar desta nova rodada de investimento reforça todo o potencial da companhia no mercado e a forte contribuição para o aumento da produtividade da cadeia foodservice. 

“Em nossa primeira investida, acreditamos no poder da solução que eles traziam e no amplo potencial do ecossistema de atuação. Acompanhar este crescimento tem sido bastante especial e este novo aporte é resultado do excelente trabalho que o Felipe Maia Lo Sardo e todo o seu time vêm realizando ao longo dos anos”, salienta Rodrigo Borges, sócio fundador da Domo Invest.

Fundada há cinco anos, a Domo é conhecida por fazer investimento no estágio seed. Em geral, os cheques variam de R$ 3 milhões a R$ 5 milhões. Em seu portfólio, estão 43 investidas, além de três exits.

Criada em 2017, a Bridge One é focada em negócios B2B de alto crescimento e investe em empresas com receita anual acima de R$ 20 milhões. Com investidas como Involves, Daitan Labs, Mandaê e Stilingue, o fundo de venture capital administra atualmente mais de R$ 200 milhões.

Já a Aimorés Investimentos foi fundada em 2016 e costuma investir em startups entre os estágios anjo e pré-seed. Em seu portfólio, estão 21 investidas, além de cinco exits.

Veja também

APORTE
Empiricus investe em marketplace de cientistas de dados

A empresa fazia parte da sociedade da Cognitivo.ai, agora assumida e incrementada pelos seus sócios.

PAGAMENTO
CloudWalk tem aporte de US$ 190 milhões

Empresa dona da maquininha InnitePay leva a maior série B já feita no Brasil.

LOGTECH
Randon Ventures investe na TruggHub

A corporate venture liderou uma rodada de investimentos de R$ 1,4 milhão na startup curitibana.

INOVAÇÃO
ArcelorMittal cria fundo de R$ 100 mi para startups

Investimento faz parte de uma mudança interna maior, que inclui uma diretoria de futuro.

E-COMMERCE
Shopper recebe aporte de R$ 120 milhões

Rodada série B foi liderada pelo fundo da Minerva e pelo Quartz, de José Galló.

ERP
Asaas compra Base

Empresa de software de cobrança quer agregar novas funcionalidades no seu produto.

VENDAS
Ex-IBM assume comercial da Stoque

Com 20 anos de carreira, Stéfano Santos também atuou em companhias como EY e Accenture.

RH
Hypera Pharma agiliza admissões com Unico

Com assinatura eletrônica biométrica, a farmacêutica reduziu o tempo de contratação em até 50%.

BPO
Nexxera compra Gold Soluções

Com negociação assessorada pela Stark, a companhia fará um primeiro aporte de R$ 2,4 milhões.

COMANDO
Szucko, ex-Microsoft, está na Nozomi Networks

Empresa tem tecnologia de segurança voltada para operações industriais, uma área quente.