E-COMMERCE

Startup quer crescer com emojis de pelúcia

21/07/2015 09:16

Em abril, a companhia recebeu um aporte de R$ 450 mil de quatro investidores-anjo.

A FofoStore espera faturar R$ 2 milhões em 2015. Foto: Divulgação.

Tamanho da fonte: -A+A

Com a venda de pelúcias no formato de emojis famosos, a FofoStore espera faturar R$ 2 milhões em 2015. Em abril, a companhia recebeu um aporte de R$ 450 mil de quatro investidores-anjo. 

Os fundadores da startup, Charles Simão, Marcelo Abritta e Bruno Scolari, iniciaram a operação da empresa em novembro de 2014, a partir de um aporte de R$ 200 mil do  investidor-anjo Rafael Rocha, ex-colega de faculdade de um dos sócios no ITA.

A FofoStore desenvolve as pelúcias emoticon junto a um fornecedor internacional e conduz internamente o processo de controle de qualidade e importação. 

Atualmente, a marca possui sete modelos, e até o final do ano serão lançados outros cinco, com base nos pedidos mais frequentes recebidos. 

“Todos nós já utilizamos os emoticons para transmitir emoções no meio virtual, e a FofoStore oferece a possibilidade de trazer para o mundo real essa forma de comunicação espontânea e fiel ao que a pessoa sente, mas tem dificuldade de expressar”, afirma Charles Simão, sócio fundador da FofoStore. 

Com sede em Belo Horizonte, a empresa que começou por meio de uma operação de e-commerce, conduz agora a abertura de quiosques da marca, visando a ampliar seus canais de venda. 

O primeiro deles será inaugurado em agosto no BH Shopping, na capital mineira. O plano da FofoStore é abrir cinco quiosques até o final de 2015.

“Estamos crescendo significativamente e com ótima aceitação no mercado. Nossos próximos passos serão a implantação de outros quiosques em São Paulo e Rio de Janeiro, além de ampliar o número de 100 revendedores cadastrados em todo o Brasil”, ressalta Simão.     

Charles Simão é formado em administração de empresas pela Universidade Federal de Minas Gerais. Ele também é fundador e proprietário da Print4me, e-commerce de venda de capas personalizadas para celulares.

Marcelo Abritta é engenheiro aeronáutico formado pelo ITA. Ele trabalhou no mercado financeiro-imobiliário, passando pela Bracor e pelo Banco Modal. Atualmente, se dedica integralmente à FofoStore e à duas outras empresas das quais é sócio.

Bruno Scolari é COO e sócio da FofoStore. Ele é graduado em engenharia de produção e pós-graduado em gestão de projetos. Scolari foi coordenador do setor de planejamento e controle de produção na empresa CZM Foundation Equipment e engenheiro de planejamento durante dois anos na Vale.

Veja também

VTEX
Grupo Brinox lança e-commerce

A plataforma utilizada pela loja virtual é a VTEX.

PORTO ALEGRE
Mercado Público tem e-commerce

Gerenciado pela empresa Entregue Em Casa, o portal conta com produtos de seis bancas.

INTELIGÊNCIA DE PREÇOS
B2W compra Sieve por R$ 88,6 milhões

B2W investiu em inteligência de preços, monitoramento de dados e precificação dinâmica em e-commerce.

E-COMMERCE
Grupo da Dafiti compra Kanui e Tricae

Com isso, o Global Fashion Group passa a ter cinco milhões de clientes na América Latina.

E-COMMERCE
Pet Love lança aplicativo

A expectativa da empresa é que, até o final do ano, o app seja responsável por 10% das vendas.