Simone Keller Füchter, professora da Unisul e da Estácio de Sá. Foto: Divulgação.

Simone Keller Füchter, professora da Unisul e da Estácio de Sá, irá ministrar uma palestra aos engenheiros da NASA e do Institute of Electrical and Electronics Engineers (IEEE) em agosto. 

Ela apresentará os principais resultados de uma pesquisas sobre o uso de Realidade Aumentada para o treinamento em equipamentos específicos - como periféricos de computadores, motores a combustão e a reação. 

Esse conhecimento é trabalhado na Unisul pela professora Simone com alunos de Iniciação Científica e será oferecido nas graduações como Ciências Aeronáuticas, e futuramente, Sistemas de Informação e engenharias. 

“Também realizarei, oficinas de Realidade Aumentada junto ao caminhão/laboratório Ciência Móvel da Unisul. Nele, uma das atividades será ir nas escolas ensinar as crianças sobre tecnologias de geração de luz”, projeta.

Na sala Discovery da NASA, em agosto, a professora apresentará aos profissionais as tecnologias de treinamento equipamentos específicos. “

Um treinamento de excelência para profissionais técnicos é fundamental nos dias de hoje para a qualidade dos produtos e serviços entregues pelas empresas. Com este enfoque, esta pesquisa comprovou que objetos virtuais em três dimensões (3D) combinados com a tecnologia de Realidade Aumentada (RA) podem trazer resultados efetivos neste campo”, contextualiza Simone.

De acordo com a professora, estas técnicas permitem que as organizações consigam repassar com maior facilidade, conhecimento e habilidade aliados ao manuseio prático de ferramentas específicas. 

“Isso é importante pois nem sempre é possível ter estes equipamentos fisicamente presentes para um treinamento, pois o custo é elevado”, complementa.

A professora Simone desenvolveu um protótipo de Realidade Aumentada em que foram utilizados objetos virtuais em 3D incluindo periféricos de computadores, motores automotivos e de aviação, a fim de serem visualizados através de tablets ou celulares. 

“Eles foram avaliados por um grupo de profissionais como mecânicos, pilotos, instrutores de voo, professores de motores convencionais e de reação, coordenadores de curso e designers instrucionais, que trabalham com estes respectivos equipamentos”, afirma a pesquisadora.

Os resultados mostraram que existe uma forte aceitação por esta ferramenta e que houve um grande entusiasmo em manipular os objetos; 90% responderam que com este recurso se potencializa o entendimento do funcionamento do motor e fica mais claro de entender comparado à forma tradicional utilizada nos cursos atuais; 95% achou a qualidade das imagens e texturas dos objetos muito próximos à de um objeto real, presente fisicamente.

Além disso, todos os participantes acharam que esta ferramenta de RA pode ser explorada em vários outros tópicos de seu aprendizado para trabalhar com os equipamentos apresentados de forma virtual. 

A palestra da professora segue um calendário mensal da NASA. Antes dela, no mês de julho, a organização receberá palestra de Nate Uitenbroek, que é atualmente engenheiro chefe de desenvolvimento de software da espaçonave ORION. 

Essa nave já orbitou a Terra, sem tripulação, no ano de 2014, e está programada para orbitar a Lua e, depois, levar tripulação de 6 pessoas para Marte.

Simone tem mestrado e doutorado pelo Departamento de Engenharia de Produção e Sistemas EPS da Universidade Federal de Santa Catarina UFSC. 

Ela já atuou como diretora de Governança Eletrônica no Governo Estadual de Santa Catarina, Diretora do Centro de Educação a Distância da Estácio de SC e atualmente é professora pesquisadora de Jogos Digitais e Administração na Estácio SC e professora pesquisadora de Sistemas de Informação na Unisul.