COMBUSTÍVEL

Petrobras está usando Azure

21/08/2020 11:26

Companhia petrolífera aposta em tecnologia da Microsoft, incluindo nuvem.

Petrobras não costuma abrir muita informação sobre estratégia de TI. Foto: Petrobras.

Tamanho da fonte: -A+A

A Petrobras fez um grande avanço no uso de tecnologias da Microsoft nos últimos meses, incluindo a nuvem Azure, Office 365 e inteligência artificial.

De acordo com uma matéria da Bloomberg, a Petrobras começou a migrar funcionários para o Office 365 da Microsoft no ano passado. 

Com a pandemia, a empresa passou a usar também os chamados  “terminais virtuais” para quem está em casa, chegando a 15 mil por dia.

Um projeto piloto com a Microsoft para monitorar equipamentos de segurança offshore foi expandido.

O texto ainda menciona o uso de tecnologia de inteligência artificial da Microsoft para processar uma dados geológicos.

“Fomos colocados à prova como fornecedores da Petrobras”, disse Fernando Lemos, diretor de tecnologia da Microsoft no Brasil.

Apesar de algo vagas nos detalhes, as informações da Bloomberg são interessantes, porque a Petrobras muito raramente fala de seus fornecedores de tecnologia e o setor de petróleo como um todo está entre os mais reticentes em adotar computação em nuvem, por temores de segurança.

“Em três a quatro meses, fizemos uma transformação que normalmente levaria de três a quatro anos”, disse à Bloomberg Nicolas Simone, que assumiu o comando da nova divisão digital e de inovação da empresa em outubro. 

Simone é um profissional experiente. Antes de ir para a Petrobras, atuou como gerente de TI do Grupo Boticário por cerca de três anos.

Entre 2012 e 2015, foi superintendente de sistemas e gestão do Itaú Unibanco, na qual permaneceu por três anos.

O executivo ainda teve uma passagem pela diretoria de TI e gestão das Lojas Renner.

Veja também

INFRA
Coruripe migra para nuvem Azure

Projeto em uma das maiores produtoras de açúcar teve apoio da Sky.One.

COMUNICAÇÃO
Amazon adota serviço da Slack

Em contrapartida, plataforma vai migrar recursos para o Chime e expandir uso da AWS.

POSICIONAMENTO
Vivo vira broker de nuvem

Plataforma começa com Microsoft, Huawei Cloud e AWS e logo terá Google também.

INFRA
Zoom escolhe a nuvem da Oracle

Serviço de conferência mais badalado do momento surpreende ao escolher provedor.

NUVEM
AWS é a primeira na nuvem do Serpro

Empresas fecharam um contrato de R$ 71,2 milhões por cinco anos. 

NUVEM
Sinqia consolida infra na Azure

Companhia de soluções para área financeira consolidou sete data centers diferentes.

NUVEM
Bravo, ex-ACI, assume Google Cloud

Google segue contratando nomes de peso para sua operação cloud na América Latina.

NUVEM
Google deveria comprar a Salesforce?

Para analistas de banco de investimento, seria a solução para decolar o Google Cloud.

NUVEM
Afilio migra para AWS

Mudança foi feita pela Mandic Cloud Solutions.