Aquela gelada, agora via smartphone. Foto: flickr.com/photos/danfardin/

Tamanho da fonte: -A+A

Sexta-feira, dia de relaxar, de repente ir com os amigos em um bar. Você chega e escolhe a sua mesa. Em seguida, pega o celular, acessa um aplicativo e escolhe o seu pedido na tela do aparelho. O pedido vai diretamente para o bar e minutos depois é finalmente trazido pelo garçom.

No BarAdventure, em São Paulo, a realidade agora é esta, com a adoção do Tabber, uma plataforma mobile desenvolvida para aumentar a eficiência e a praticidade no atendimento aos clientes de bares e restaurantes.

O Tabber é obra da startup Unbound, fundada em São Caetano do Sul por seis sócios, que com recursos próprios se juntaram para desenvolver o projeto.

Atualmente em fase beta, o aplicativo está em funcionamento em seis bares na capital e região metropolitana de São Paulo.

Com o Tabber, disponível para Android e iOS, é possível acessar o cardápio dos bares, fazer o pedido e ter controle do valor daconta, sem depender do garçom, apenas usando o smartphone.

"Com rapidez, a gente já fica sabendo qual cliente fez o pedido e em qual mesa ele está", revela o proprietário do BarAdventure, Messias Oliveira.

TOTALMENTE ONLINE

Conforme explica um dos sócios da Unbound, Ricardo Da Ros, o sistema do Tabber é totalmente online, o que também traz segurança para cliente e estabelecimento.

"O usuário não pode retirar pedidos já realizados de sua lista de compras e o estabelecimento não poderá adicionar novos itens na lista do cliente", ressalta.

Para fechar a conta, o cliente pode selecionar a opção no menu do aplicativo, que interligado à rede do estabelecimento, emite o valor a ser pago.

Segundo explica De Ros, o sistema do Tabber não substitui os softwares de gerenciamento dos estabelecimentos e não tem custo para quem o instalar.

"São plataformas paralelas, mas o Tabber funciona principalmente como uma solução para agilizar o atendimento", afirma.

O faturamento da Unbound vem da cobrança de uma comissão sobre os valores movimentados via aplicativo. A empresa não divulgou valores faturados pelo Tabber até o momento.

De acordo com De Ros, o sistema deve receber nas próximas semanas a opção para os clientes efetuarem os pagamentos diretamente via celular.

INSTALAÇÃO

Conforme o executivo da Unbound, a praticidade do Tabber está também na sua instalação, que pode ser feita por download.

"A idéia é de que os estabelecimentos baixem o aplicativo, cadastrem seus preços e produtos, e já saiam usando a solução em seus bares", aponta De Ros.

Segundo planeja o empresário, o plano é expandir o aplicativo para outros estados ainda nos próximos meses, aproveitando o aumento do movimento em bares e restaruantes que vem com o final do ano.

"A idéia é transformar o Tabber em um produto sólido para o consumo mobile, compatível com diversos estabelecimentos", revela.

No Brasil, o mercado de bares e restaurantes representa uma fatia de 2,4% no PIB nacional.

Além do crescimento local, até o início de 2013 o plano da Unbound é também levar o Tabber aos Estados Unidos.

"Fizemos uma pesquisa de mercado e não encontramos iniciativas semelhantes em nenhuma outra parte do mundo", anima-se Da Ros.