João Franqueto, gerente de integração da Dataprom. Foto: Divulgação.

A Dataprom, empresa de Curitiba focada em gestão de mobilidade urbana, contratou um projeto de implantação do ERP Microsoft Dynamics AX com a MPS

A empresa vai migrar sua ferramenta atual para o sistema da Microsoft. O início do projeto aconteceu em julho, enquanto o go-live está previsto para o final de janeiro de 2017.

O processo de escolha do novo sistema de gestão empresarial da Dataprom foi feito com apoio da MPS, eleita para fornecer as licenças e prestar os serviços de implantação do Dynamics AX. 

Com a adoção deste ERP, a Dataprom pretende aperfeiçoar a gestão dos seus processos de negócio, com o objetivo de melhorar os seus controles e o atendimento a seus clientes. 

“Depois de um rigoroso processo de seleção, escolhemos o Dynamics AX por ser um sistema moderno e integrado, de classe mundial, que atende a praticamente todas as nossas necessidades. Como a Dataprom produz uma gama variada de produtos, optamos pelo Dynamics AX por ele se adaptar a essa característica, permitindo atender nossas peculiaridades”, afirma João Franqueto, gerente de integração da Dataprom.

A implantação do Dynamics AX englobará os módulos financeiro, contábil, fiscal, compras, vendas, estoque, MRP, produção e gestão de projetos e serviços.

A Dataprom fornece o sistema de gestão de trânsito, transporte e segurança pública implantado na cidade de Curitiba. Além disso, a Dataprom já implantou sistemas em mais de 200 municípios, sendo 11 capitais, e 130 empresas.

Os sistemas da Dataprom estão operando também em Cartagena, na Colômbia, e no Peru. Além das soluções de mobilidade urbana, a Dataprom desenvolve projetos para gestão de aeroportos, portos, rodovias e ferrovias.

A MPS é Gold Certified Partner em Dynamics AX, pela Microsoft, com a qual mantém parceria na área de MBS (Microsoft Business Solutions). A MPS possui sede em Curitiba e abrangência nacional.

Na área de gestão empresarial, a MPS já desenvolveu diversos projetos em Dynamics AX, para clientes como Grupo Uninter, Scania do Brasil, Oberthur, Racco Cosméticos e Soft Eletrônica.

A companhia atua também nas áreas de infraestrutura de TIC, atuando em parceria com Microsoft, Oracle, Sybase, Intersystems, Vmware, Dell, HP e F-Secure. 

Na área do judiciário, uma das mais fortes da MPS, a empresa desenvolve soluções específicas como o Sistema de Controle de Processos Eletrônicos e também para as áreas administrativas, como a de recursos humanos. A empresa tem clientes como TJSP, TJRJ, TJPE, TRF-2, TRF-3, TRF-5.

A Microsoft do Brasil não abre o tamanho da base de clientes ou o número de parceiros capazes de trabalhar com AX, que entrou no portfólio da companhia em 2002, por meio de uma aquisição.

A pesquisa sobre o mercado de TI feita pela Fundação Getúlio Vargas (EAESP-FGV), uma das poucas fontes sobre participações de mercado em ERP no país, não chega a mencionar o produto da Microsoft em nenhuma das suas faixas.

Em termos de clientes, algumas organizações conhecidas usuárias da AX são Lojas Colombo, Brasil Kirin e a Federação das Indústrias do Estado do Paraná.