Sky Airline e Jet Smart estão com novos voos entre Chile, e Brasil. Foto: Pixabay.

De olho na temporada de verão, as companhias aéreas de baixo custo Sky Airline e Jet Smart estão com novas rotas entre Santiago, no Chile, e cidades brasileiras. 

A partir de novembro, a chilena Sky Airline realiza viagens na rota Santiago-Florianópolis (SC), com voos nas terças e sábados a partir de US$ 63 o trecho. A partir de dezembro, os voos acontecem diariamente e o valor mínimo cai para US$ 57.

A empresa será a primeira low cost a voar para o recém-inaugurado aeroporto da capital catarinense. 

Entre dezembro e março, a empresa vai operar também na rota Santiago-Salvador (BA). Os voos acontecem nas segundas, quintas e sábados e os valores partem de US$ 88.

Outra aérea que vai aproveitar o movimento do verão baiano é a subsidiária chilena da norte-americana JetSmart. 

Com viagens a partir de dezembro entre Santiago e Salvador, os voos acontecem até fevereiro nas terças, sextas, sábados e domingos. De março a julho, a oferta diminui para duas vezes por semana. O valor por trecho parte de R$ 499.

Entre janeiro e julho de 2020, a low cost opera na rota Santiago-Foz do Iguaçu (PR). Com passagens a partir de R$ 174,85, os voos acontecem nos domingos e quintas-feiras.

A partir de março, a companhia começa a operar na rota Santiago-Guarulhos (SP), nas segundas e sextas-feiras. Com voos previstos até julho, o valor mínimo é de R$ 304.

Santiago não é o único destino que ganhou mais voos com as novas empresas low cost que passaram a operar no Brasil. 

A Flybondi, da Argentina, também tem opções conectado o Brasil e Buenos Aires. A empresa começou em outubro a operar entre a capital argentina e o Rio de Janeiro,  com trecho a partir de R$ 220. 

Entre dezembro e março, a empresa oferece a rota Buenos Aires-Florianópolis partindo de R$ 376.