CRISE

Gerdau faz cortes na TI

21/11/2014 10:26

Coisa está quente na Gerdau. Foto: divulgação/Gerdau.

Tamanho da fonte: -A+A

A Gerdau fez cerca de 40 demissões na sua área de TI nesta quinta-feira, 20, concentradas nas operações no Rio Grande do Sul e em Minas Gerais. 

Procurada pela reportagem do Baguete Diário, a empresa confirmou as demissões. Sem confirmar o número total, a Gerdau atribuiu a decisão à retração no mercado de aço do Brasil, que caiu 11% no terceiro trimestre.

Segundo o Baguete pode averiguar com fontes próximas, os cortes se concentraram em perfis técnicos, principalmente analistas com muitos anos de casa e salários acima da média de mercado.

“Provavelmente, eles vão promover profissionais júnior para diminuir os custos”, disse a fonte ouvida pelo Baguete. 

De acordo com outra fonte, a multinacional de aço está renegociando contratos com fornecedores para diminuir custos.

As demissões podem ainda não ter terminado, uma vez que esta quinta foi feriado em São Paulo e Rio de Janeiro. Fontes ouvidas pelo Baguete estimam a equipe interna de TI da Gerdau em 200 pessoas.

Os cortes passaram por outras partes da empresa. Nesta mesma quinta, a Gerdau informou que fechará a fábrica de Curitiba e suspenderá a produção de aço e laminados na unidade de Araucária, também no Paraná, a partir do final deste mês. 

Novamente, a Gerdau não revela números, mas fontes do governo paranaense ouvidas pelo G1 falam em 200 demissões.

Em julho deste ano, a empresa fechou uma unidade em Sorocaba, em São Paulo, demitindo 160 funcionários segundo o sindicato local.

Na semana passada, a Gerdau anunciou o corte do plano de investimentos de 2014 de R$ 2,4 bilhões para R$ 2,1 bilhões.

Os investimentos previstos para este ano, mesmo antes da redução, já estavam abaixo da média anual de R$ 2,6 bilhões nos últimos três anos. 

A decisão ocorreu em um momento em que o preço do minério caiu para o menor nível em mais de cinco anos. Nesta quarta-feira, a commodity era negociada a US$ 76 por tonelada, menor patamar desde junho de 2009. A queda acumulada no ano chega a quase 43%.

Entre julho e setembro, o lucro líquido da companhia somou R$ 262 milhões, queda de 59,2% na comparação anual.

O balanço do terceiro trimestre foi impactado por menor geração de caixa, com recuo de 13,4% Ebitda (lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização) sobre um ano antes, a R$ 1,224 bilhão, e da margem para 11,4%.

Analistas estimavam, em média, Ebitda de R$ 1,18 bilhão para a Gerdau no terceiro trimestre e margem de 11,2%.

Veja também

REESTRUTURAÇÃO
HP aumenta o tamanho do corte

Com esse acréscimo, o número de demissões atinge 34 mil, ou 10% do quadro.

POLÊMICA
Tarso critica Gerdau no Twitter

Tarso reagiu à entrevista de Gerdau à ZH com uma saraivada de tweets irados.

QUEDA
Gerdau: lucro cai 57,6% no terceiro trimestre

O Ebtida ficou 13,4% menor no 3T14, chegando a R$ 1,22 bilhão.

CORTE DE CUSTOS
Ericsson planeja demissões

Empresa planeja cortar US$ 1,2 bilhão em custos com um programa que inclui redução de pessoal.