CEO mundial da TCS, Natajaran Chandrasekaran. Foto: divulgação.

A Tata Consultancy Services (TCS), empresa indiana de consultoria e soluções de negócios em TI, divulgou o seu balanço financeiro referente ao terceiro trimestre, registrando um faturamento de US$ 2,94 bilhões, alta de 14% em relação ao ano anterior e 3,3 % comparado ao trimestre anterior.

A empresa fechou o período com um lucro operacional de US$ 804 milhões, 5,3% a mais do que o contabilizado no segundo trimestre do ano e 6,3% maior em relação a 2011.

O aumento também se refletiu no mercado de ações, um acréscimo de US$ 0,33 por ação.

Segundo a companhia, o crescimento no trimestre foi abrangente, liderado pelos Estados Unidos e o Reino Unido.

Entre os mercados emergentes, a América Latina apresentou crescimento de dois dígitos, seguida pela Índia.

Entre as verticais, o crescimento foi liderado pelos Bancos, Serviços Financeiros e Seguros (BFSI), Energia & Utilities, Manufatura, e Varejo & Distribuição.

Em termos de serviços, as soluções corporativas, serviços de infraestrutura e consultoria global foram grandes impulsos para a empresa.

As soluções de gerenciamento de ativos e os serviços industrial e de engenharia também mostraram crescimento.

Em comunicado divulgado à imprensa, a TCS destacou que a empresa firmou cerca de oito contratos de grande porte com empresas globais, um aumento considerável no portifólio de clientes que adotam as soluções da companhia.

"Tivemos um bom crescimento de receita, equilibrado entre as linhas de serviços, indústrias e países onde atuamos. Em 2013, acreditamos que os clientes irão investir para que suas operações estejam prontas para a era digital visando o crescimento de seus negócios", observa o CEO mundial da TCS, Natajaran Chandrasekaran.