B2W aposta em roupas e calçados para diversificar. Foto: divulgação.

Tamanho da fonte: -A+A

O grupo de e-commerce B2W está preparando seu movimento para adicionar mais uma categoria de produtos ao seu portfólio. Segundo indica o Meio e Mensagem, fontes do mercado afirmam que a empresa deverá vender roupas e calçados a partir de junho.

De acordo com estas fontes, a operação de moda do e-commerce estaria em vias de finalização, e a B2W já conta com parceiros definidos para iniciar a comercialização.

No ano passado, o diretor de relações com investidores do grupo, Fabio Abrate, anunciou a entrada na categoria como um dos planos para 2013.

A empresa não deu maiores detalhes se a operação de e-commerce de moda será agregada aos seus sites de venda de departamentos - Americanas.com, Submarino e Shoptime - ou se será uma operação exclusiva, como outros sites do grupo - B2W Viagens, Ingresso.com e SouBarato.

A companhia também conta com outros serviços online, como o Submarino Finance e Blockbuster Online.

A diversificação de produtos é provavelmente um dos pontos do investimento de R$ 1 bilhão previsto pela empresa para 2013, que envolve também a abertura de pelo menos dez novos centros de distribuição no país.

Em 2012 a empresa contabilizou um prejuízo de R$ 170,7 milhões, quase o dobro da queda registrada em 2011, de R$ 89,2 milhões.

Os rumores de uma iminente chegada da Amazon, a maior varejista online do mundo, ao Brasil, também são uma pulga atrás da orelha da B2W, que ainda possui a liderança no e-commerce nacional, mas nada comparada à quase hegemonia que já teve em anos passados.

Pelo jeito, vender todo tipo de produto é a palavra de ordem. Outra companhia de nicho que anunciou a expansão de seu portfólio de ofertas foi a Natura, que irá além dos cosméticos, vendendo joias, livros, produtos fonográficos, softwares, alimentos, complementos nutricionais, medicamentos, artigos para o lar, artigos para bebês e crianças, artigos para cama, mesa, entre outros.