José Muritiba, diretor executivo da Abstartups. Foto: divulgação.

A Associação Brasileira de Startups (Abstartups), entidade sem fins lucrativos que representa o setor, anunciou a criação de um banco de talentos para conectar profissionais e empresas em meio à pandemia do coronavírus.

O Abstartups Jobs é gratuito tanto para profissionais que buscam recolocação se cadastrarem quanto para startups que procuram talentos. 

"Trata-se de mais um pilar de atuação diante do atual cenário de pandemia que vivemos para que possamos superar e sair ainda mais unidos", ressalta José Muritiba, diretor executivo da Abstartups.

Não há informações sobre o impacto da pandemia de coronavírus nas startups de tecnologia.

Mas nos últimos dias algumas startups conhecidas anunciaram cortes significativos, muitas vezes com o próprio CEO vindo a público para dar explicações sobre o que geralmente é o primeiro corte de pessoas em massa da história das empresas.

Foi assim no caso da Rock Content, plataforma mineira de marketing de conteúdo, que fez um corte de 20% na sua equipe (cerca de 90 pessoas) ou MaxMilhas, um portal de compra e venda de milhagem áreas, que cortou 42%, totalizando 167 demissões.

Na semana passada, a Omie, startup de software de gestão na nuvem que estava entre as mais promissoras do país no nicho,  anunciou a demissão de 134 funcionários, cerca de um terço do total.

Fundada em 2011, a Abstartups possui mais de 12 mil startups em sua base de dados e tem como missão promover o ecossistema brasileiro de startups nacionalmente e internacionalmente.