INOVAÇÃO

Skalena traz firewall para APIs para o Brasil

22/05/2019 07:54

Tecnologia da 42Crunch criou um segmento de mercado, na visão da Skalena.

Edgar Silva.

Tamanho da fonte: -A+A

A Skalena, companhia brasileira especializada em soluções para open banking e governo digital, fechou um acordo com a 42Crunch, uma startup irlandesa que criou um firewall focado em proteger serviços de APIs.

Apesar de ser uma companhia de pequeno porte, a 42Crunch tem muito potencial, na visão da Skalena, que passa a ser distribuidora exclusiva do produto no Brasil e Portugal.

“Eles criaram um novo segmento da indústria”, garante o diretor da Skalena, Edgar Silva. “Toda e qualquer empresa que disponibiliza seu marketplace, portal de API, micro-serviços que podem ser consumidos devem atentar em ter uma solução como a 42Crunch”, agrega.

Silva cita dados da Akamai, apontando que 83% do tráfego da Internet é via APIs, e que é algo diferente proteger uma aplicação normal de uma API.

A solução funciona integrada com outras ferramentas de empresas como IBM, Sensedia e CA, além da WSO2, empresa americana de software de middleware e SOA da qual a Skalena é distribuidora no Brasil.

Silva é ex-gerente geral da WSO2 para América Latina e fundou a Skalena no começo do ano para ser a distribuidora exclusiva no Brasil da WSO2 para o mercado de governo e também uma revenda para o mercado privado.

A Skalena operar em São Paulo, Belo Horizonte, Porto Alegre e Brasília, com a área de engenharia em Cascavel, uma cidade de 316 mil habitantes no oeste do Paraná que é um polo regional de software.

A empresa tem no time José Alberto Alves, ex-gerente de contas na Red Hat para o Bradesco e gerente de contas por mais de uma década dentro da multinacional para o setor financeiro. Alves é um executivo experiente, com uma outra passagem de 13 anos pela HP.

O background de Silva no setor financeiro deve ajudar, uma vez que os focos da Skalena são open banking e governo digital. O executivo será o head de vendas da regional São Paulo.

Silva assumiu o comando da WSO2 em outubro de 2014, e tem passagens pelo negócio de middleware da Oracle, Red Hat e Summa Technologies.

Veja também

TENDÊNCIA
Open banking e a “guerra das contas”

Começa agora um conjunto de alterações para o mercado bancário.

STARTUP
Zenvia compra TotalVoice

A empresa de Palhoça foi acelerada pela Darwin Startups.

NETWORK
Cisco aposta em SD-WAN

A Cisco está unificando suas tecnologias de segurança e de rede de área ampla definida por software.

FUTURO
Gartner: 10 tendências para I&O em 2019

Chegou aquela época do ano em que começam as previsões sobre o ano que vem.

API
BB: seis parceiros em open banking

Um dos projetos é com a startup de comparação de empréstimos consignados Bxblue.

ESTRATÉGIA
Totvs abre Fluig para desenvolvedores

A Totvs busca fortalecer a estratégia do software para criação de aplicações de maneira mais simples e ágil.

EQUIPE
CFO pode influenciar a política de segurança

"Todas as lideranças precisam conhecer os desafios de segurança enfrentados".

FINTECH
Nubank: segurança com Fortinet

A fintech implantou o Security Fabric.

CORPORATIVO
Vivo lança unidade de cibersegurança

A ElevenPaths conectará o SOC  da Vivo a uma rede global de outros 10 SOCs do Grupo Telefónica.

FALHA
Hacker joga Doom no site do Internacional

Uma falha XSS permitiu que o jogo rodasse na página do clube.

CRISE
Vazamento de dados na Vale?

Hackers afirmam ter invadido sistemas como retaliação por desastre ambiental.